Mandato tampão, Andrés, Gobbi, Roberto: relembre as últimas eleições para presidente do Corinthians

6.1 mil visualizações 26 comentários Comunicar erro

Por Rodrigo Vessoni e Vinícius Souza

Parque São Jorge recebe eleição que definirá presidente pelos próximos três anos

Parque São Jorge recebe eleição que definirá presidente pelos próximos três anos

Divulgação

Neste sábado, a partir das 9h, no Parque São Jorge, os sócios do Corinthians elegerão o 31º presidente da história do clube paulista, fundado em 1910. Andrés Sanchez, Antonio Roque Citadini, Paulo Garcia, Felipe Ezabella e Romeu Tuma Jr. concorrem ao pleito, que definirá o sucessor de Roberto de Andrade. Assim sendo, o Meu Timão relembra cada eleição do Timão para presidente a partir da renúncia de Alberto Dualib, que dirigiu o Corinthians durante 14 anos (1993/2007), mas deixou o cargo pela porta dos fundos do Parque São Jorge depois de um escândalo envolvendo máfia russa e lavagem de dinheiro.

Leia também as entrevistas da série Presidenciáveis, produzida pelo Meu Timão:

Relembre cada eleição presidencial do Corinthians pós-Dualib

2007

Andrés teve mandato tampão no Corinthians entre 2007 e 2009

Andrés teve mandato tampão no Corinthians entre 2007 e 2009

Rafael Ribeiro/CBF

No dia 9 de outubro de 2007, foi necessário que o Conselho Deliberativo escolhesse o substituto de Alberto Dualib, que sofrera impeachment dias antes, para um mandato tampão até o início de 2009. Ex-vice de futebol, Andrés Sanchez foi eleito com 175 votos, contra 158 de Paulo Garcia - Osmar Stábile somou apenas 14 votos. A eleição registrou ainda três abstenções. Mário Gobbi colocou Heleno Maluf como seu vice, enquanto Clodomil Orsi e Wilson Bento continuaram por serem vice-presidentes eleitos.

Com poucos jogos para o término do Brasileirão e com as inscrições de novos jogadores encerradas, o rebaixamento da equipe não pôde ser evitado. No dia 2 de dezembro, o Corinthians chegava ao fundo do poço, endividado, nas páginas policiais, com elenco fraco e na Série B.

2009

Ronaldo foi contratado por Andrés Sanchez, em 2009

Ronaldo foi contratado por Andrés Sanchez, em 2009

Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Andrés Sanchez e sua turma remontaram a equipe e, com uma estratégia agressiva no departamento de marketing, recolocaram o clube na Série A. Na sequência, viria a contratação de Ronaldo Fenômeno, que findaria as chances da oposição nas eleições de fevereiro de 2009, a primeira da história por meio da escolha dos associados, e não apenas do Conselho. Andrés obteve 1.615 votos (66,9%), não dando chances para Paulo Garcia, que terminou com 586 votos (24,3%), e muito menos para Osmar Stábile, que obteve apenas 214 votos (8,8%).

2012

Mário Gobbi assumiu a presidência do Corinthians no início de 2012

Mário Gobbi assumiu a presidência do Corinthians no início de 2012

Divulgação

As reconstruções da equipe e do clube, somadas ao quinto título brasileiro conquistado dois meses antes, deixaram a eleição mais fácil de ser conquistada pela terceira vez pela chapa Renovação & Transparência. Apoiado por Andrés Sanchez, o candidato da situação Mário Gobbi Filho obteve 1920 votos, contra 1280 de Paulo Garcia que, assim como ocorreu nos pleitos de 2007 e 2009, terminou na segunda posição. Além disso, foram 24 votos nulos e 13 em branco. Na eleição da chapa fechada de 200 conselheiros, nova vitória de Andrés e seu grupo: 1852 votos contra 1242 da Pró-Corinthians, com outros 113 em branco e 30 nulos.

2015

Roberto de Andrade (azul) no dia de sua posse, em 2015

Roberto de Andrade (azul) no dia de sua posse, em 2015

Divulgação

O candidato da situação Roberto de Andrade obteve 1.848 votos, contra 1.393 de Antonio Roque Citadini. Houve 13 votos em branco e 22 abstenções (quem assinou, mas não votou). Na eleição da chapa fechada de 200 conselheiros trienais, nova vitória de Roberto, Jorge Kalil (vice), André Negão (vice) e sua turma: 1.817 votos contra 1.413 da Pró-Corinthians, além de 24 votos em branco.

Veja mais em: Eleições no Corinthians, Presidentes, Andrés Sanchez, Roberto de Andrade, Parque São Jorge, História do Corinthians e Fatos marcantes.

Veja Mais:

  • Declarações de Carille não estão sendo bem recebidas pelo ambiente do Corinthians

    Declarações de Carille são vistas como 'desnecessárias' e incomodam ambiente no Corinthians

    ver detalhes
  • Ralf foi único jogador entre aqueles hoje considerados titulares que treinou com bola nesta segunda

    Sem punição, Ralf volta ao Corinthians e deve ser opção para Carille quarta-feira

    ver detalhes
  • Fábio Carille chegou ao campo já durante o treino e junto com os dirigentes do clube

    Carille tem participação discreta na reapresentação do Corinthians pós-derrota no Majestoso

    ver detalhes
  • Corinthians tem decisão no Paulista e estreia no NBB nessa semana

    Volta à Arena, decisões no basquete e no futsal e Libertadores: a agenda do Corinthians na semana

    ver detalhes
  • Sornoza e Pedrinho podem retornar ao Corinthians para o jogo de quarta-feira

    Corinthians deve ter trio de volta para a partida contra o Goiás

    ver detalhes
  • Corinthians finalmente faz sua estreia na Libertadores Feminina

    Conmebol confirma Libertadores Feminina, e Corinthians faz estreia nesta segunda

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: