De volta à diretoria, Rosenberg planeja implantar marketing agressivo no Corinthians

De volta à diretoria, Rosenberg planeja implantar marketing agressivo no Corinthians

Por Meu Timão

52 mil visualizações 340 comentários Comunicar erro

Rosenberg assumiu os departamentos de marketing e comunicação do Timão

Rosenberg assumiu os departamentos de marketing e comunicação do Timão

Foto: Larissa Lima/Meu Timão

Luis Paulo Rosenberg retornou para a diretoria do Corinthians. Ao lado do diretor de futebol Duílio Monteiro, o profissional foi nomeado pelo recém-eleito presidente Andrés Sanchez como novo responsável pelo departamento de marketing e comunicação do Timão. E os planos na busca de novos patrocinadores já estão traçados pelo dirigente.

Ex-vice-presidente do Corinthians, Rosenberg já havia assumido a direção de marketing durante a gestão de Mário Gobbi. O cartola também ficou marcado como um dos idealizadores da Arena em Itaquera, inaugurada em maio de 2014. De volta aos bastidores do Timão, o profissional afirmou que planeja uma atitude "agressiva" na comunicação do clube.

"As diretrizes são as mesmas que a gente tinha antes, do marketing voltado para gerar receitas de uma forma bem agressiva, nunca ficar esperando receber propostas. É ir atrás, admitir parcerias com empresas de marketing esportivo de credibilidade e se preocupar com a valorização da marca", disse Rosenberg em entrevista ao GloboEsporte.com.

"Andrés é um grande estrategista, que pensa no Corinthians a longo prazo, em dez anos. Abre mão do imediatismo para construir uma marca. Fizemos isso no passado e faremos de novo agora. Nenhum de nós precisa do Corinthians para enriquecer nem por vaidade", argumentou o diretor.

Leia também:
Após vitória no Paulistão, Rodriguinho aponta busca para 'minimizar erros' no Corinthians
Garcia amado e odiado? Compare resultados da eleição do Corinthians e da pesquisa do Meu Timão
Herói da noite, Pedro Henrique conta 'bastidores' de jogada do gol do Corinthians

O Corinthians iniciou a temporada de 2018 com o sete patrocinadores: Nike (fornecedora de material esportivo), Universidade Brasil (omoplatas), Foxlux (barra traseira), Minds (barra de uma das mangas), Valle Express (barra de uma das mangas), Ultra (calção) e Positivo (costas). Contudo, a busca por um acerto pelo patrocínio máster segue indefinida desde o fim do contrato com a Cia do Terno, no último ano. O espaço está realmente vago desde abril de 2017, quando o clube encerrou a parceria com a Caixa.

Segundo Rosenberg, os meios para encontrar novos investidores já são parte do conhecimento da nova gestão. "Sabemos o que anima e o que desestimula o empresário no futebol. O que anima é a fidelidade do torcedor à marca. O que aterroriza é ver a marca ameaçada com uma postura antissocial, a escândalos e envolvimento com violência. Isso temos que construir. Mostrar que a marca Corinthians tem policiamento e regras de gestão, transparência, compliance, garantias e padrões. Temos que ter gente com credibilidade no Corinthians. E tudo fica mais fácil pensando em 2018, um ano que o país vai crescer em 3%, comparado com a queda econômica dos últimos anos", afirmou.

Um dos responsáveis pela contratação de Ronaldo Fenômeno, em 2009, Rosenberg comentou a possível chegada de nomes tão grandes quanto o do centroavante no Corinthians. A contratação do ex-jogador é considerada o pontapé inicial de uma geração vitoriosa do Timão que culminou na conquista do bicampeonato mundial, em 2012.

"Andrés nos dá carta branca no marketing porque acredita que temos condições de fazer muita coisa, mas a gente não se mete no futebol. Se o departamento encontrar um grande nome, os manuais que usamos para contratar o Ronaldo seguem sendo atualizados para entrar em campo", finalizou.

Veja mais em: Diretoria do Corinthians, Patrocinador do Corinthians, Andrés Sanchez e Ações de marketing.

Veja Mais:

  • Corinthians e Grêmio se enfrentam neste sábado, na Arena em Itaquera

    Saiba aonde assistir ao jogo entre Corinthians e Grêmio pela televisão

    ver detalhes
  • Corinthians encara Grêmio neste sábado

    'Entre céu e inferno', Corinthians recebe Grêmio na despedida do primeiro turno do Brasileirão

    ver detalhes
  • Badauí, do CPM22: 'Sou obrigado a ouvir que sou torcedor de Arena' | #76

    VÍDEO: Badauí, do CPM22: 'Sou obrigado a ouvir que sou torcedor de Arena' | #76

    ver detalhes
  • Marquinhos Gabriel deixa Corinthians pouco mais de dois anos após ser contratado

    Marquinhos Gabriel deixa Corinthians como terceiro pior jogador do elenco em 2018; veja ranking

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes