Corinthians tenta quarteto campeão de 2012 para Libertadores-2018; só um deve seguir titular

Corinthians tenta quarteto campeão de 2012 para Libertadores-2018; só um deve seguir titular

Por Meu Timão

69 mil visualizações 246 comentários Comunicar erro

Quarteto formado por Cássio, Ralf, Danilo e Sheik foi titular do Corinthians em 2012

Quarteto formado por Cássio, Ralf, Danilo e Sheik foi titular do Corinthians em 2012

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

"Preciso encorpar mais meu time para competições difíceis."

Tal frase foi pronunciada pelo técnico Fábio Carille durante tentativa de explicação do interesse do Corinthians na contratação do volante Ralf, ídolo da Fiel e hoje desempregado aos 33 anos de idade. E é nesse ritmo que o clube se prepara para a edição de 2018 da Libertadores.

Com estreia marcada na competição sul-americana para o próximo dia 28, contra o Millonarios, na Colômbia, o Corinthians corre contra o tempo para tentar contar com um quarteto de peso: Cássio, Ralf, Danilo e Emerson Sheik, campeões do torneio pelo Timão em 2012.

Os ídolos devem se reunir e integrar o elenco que participará da edição de 2018 da Libertadores. Cássio e Danilo, como a Fiel bem sabe, são remanescentes no clube desde aquela conquista. Emerson Sheik, por sua vez, firmou no mês passado o retorno ao Corinthians. Ralf, por fim, negocia um contrato de dois anos e pode ser anunciado a qualquer momento.

Uma considerável diferença em relação há seis anos atrás, porém, está na condição dos ídolos: dos quatro jogadores citados, apenas Cássio deve ser titular do esquadrão de Fábio Carille para o começo da Libertadores-2018. A tendência é o trio formado por Ralf, Danilo e Sheik ser reserva, respectivamente, de Gabriel, Jadson/Rodriguinho/Júnior Dutra e Clayson.

  • No caso de Ralf, fica difícil desbancar Gabriel, dono "intocável" da posição desde o início do ano passado;
  • Emerson Sheik vive situação semelhante, já que faz sombra a Clayson, um dos destaques do Timão em 2018;
  • Danilo tem o mais complicado dos cenários, já que não é nem mesmo reserva imediato, seja para o meio de campo ou para o ataque.

Para a Fiel, a expectativa fica mesmo em torno do fim dessa história. Acabará a Libertadores de 2018 da mesma forma que a de 2012?

Veja mais em: Libertadores da América, Ralf, Danilo, Emerson Sheik, Cássio, Ídolos do Corinthians e Mercado da bola.

Veja Mais:

  • Revelação de 2017, Pedrinho reforça Corinthians diante do Red Bull Brasil

    Com Pedrinho, Carille relaciona 23 no Corinthians para duelo com Red Bull Brasil

    ver detalhes
  • Renê Júnior foi apresentado pelo Corinthians à imprensa em 7 de janeiro

    Reforço de R$ 5 milhões, volante aguarda primeira chance no Paulistão; novo esquema pode ajudá-lo

    ver detalhes
  • Livro 'Sócrates Eterno' será lançado na noite desta segunda, em São Paulo

    Viúva de Sócrates lança autobiografia do ex-jogador do Corinthians nesta segunda em São Paulo

    ver detalhes
  • Sem contusão, Clayson treinou normalmente e deve pegar Red Bull

    Após exames, Clayson treina no Corinthians e deve enfrentar Red Bull

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes