'Comissão Eleitoral fez um trabalho confuso, fui à Justiça por isso', explica Paulo Garcia

1.4 mil visualizações 43 comentários Comunicar erro

Justiça acatou pedido de Paulo Garcia e irá atrás de uma possível fraude nas urnas

Justiça acatou pedido de Paulo Garcia e irá atrás de uma possível fraude nas urnas

Larissa Lima / Meu Timão

Com 23% dos votos, Paulo Garcia foi um dos quatro candidatos derrotados na eleição presidencial do Corinthians do último dia 3, terminando em segundo lugar. A reportagem do Meu Timão conversou com o empresário, assim como havia feito com os outros três candidatos. E o mesmo segue chateado com a Comissão Eleitoral do clube.

Leia também:
"Tenho convicação que a eleição foi prejudicada por fatores extras", diz Tuma
"Uma campanha sangrenta tirou minhas chances", lamenta Citadini
Preferência da opinião pública e manutenção do DNA: Ezabella comemora

De acordo com Garcia, as decisões tomadas pelos cinco membros da Comissão Eleitoral durante todo o processo não foram corretas. O empresário incluiu o dia da eleição no ginásio do Parque São Jorge.

"A eleição em si foi tranquila, mas a Comissão Eleitoral deixou muito a desejar. Eles demoraram para tomar algumas decisões no processo de votação, foi meio confuso. Primeiro teria urna eletrônica com comprovante em papel sendo impresso, depois não mais. Um poderia não participar, depois poderia. Muito confuso", afirmou o candidato, que recentemente entrou na Justiça para contestar o uso da urna eletrônica.

"Foi bagunçado até nisso. Eu não estou acusando nada, era para todos terem acesso às urnas quando as mesmas foram abertas no ginásio, mas os seguranças não deixaram. Isso achei bem estranho. Eu quero saber também se o número de pessoas aptas a votar era o mesmo que estava na urna, por exemplo. Vamos aguardar a apuração dos técnicos, está em segredo de Justiça, não posso falar muito sobre isso", completou.

Garcia correu risco de ter sua candidatura impugnada por causa de uma tentativa de anistia de quase 900 associados inadimplentes - candidato assumiu que emprestou seu cartão de crédito para que parte dessas pessoas pudesse quitar os débitos.

"Isso acaba prejudicando, muita gente veio falar para mim que achava que eu não seria candidato, isso não foi legal. Eu entrei mais tarde na disputa porque tinha de esperar o Flávio (Adauto, ex-diretor de futebol) e o Emerson (Piovesan, ex-diretor financeiro) deixarem seus cargos no clube", lembrou.

MESA DO CONSELHO

Em relação à composição da mesa do Conselho Deliberativo - Antonio Goulart (presidente), Ademir Benedito (vice), Denis Piovesan e Antônio Paulo de Souza, secretários -, os bastidores do Parque São Jorge dão conta que foi uma ideia de Paulo Garcia ao presidente Andrés Sanchez. Ele explicou:

"Essa chapa já estava montada, não tinha apenas o vice, aí entrou o Ademir. O Andrés concordou com ela e nem quis montar a dele. Ele entendeu que a chapa era boa, independente, que ajudará bastante", garantiu.

"Não sou oposição nem situação, eu quero apenas o bem do clube. Apoiaremos as coisas corretas e cobraremos as coisas erradas, mas sempre internamente", finalizou.

Resultado da eleição no Corinthians

Andrés Sanches - 1235 votos (33,9%)
Paulo Garcia - 834 votos (22,9%)
Antônio Roque Citadini - 803 votos (22%)
Felipe Ezabella - 461 votos (12,6%)
Romeu Tuma Júnior - 278 votos (7,6%)
Brancos e nulos - 31 votos (0,8%)

Total - 3642

Veja mais em: Eleições no Corinthians.

Veja Mais:

  • Declarações de Carille não estão sendo bem recebidas pelo ambiente do Corinthians

    Declarações de Carille são vistas como 'desnecessárias' e incomodam ambiente no Corinthians

    ver detalhes
  • Ralf foi único jogador entre aqueles hoje considerados titulares que treinou com bola nesta segunda

    Sem punição, Ralf volta ao Corinthians e deve ser opção para Carille quarta-feira

    ver detalhes
  • Fábio Carille chegou ao campo já durante o treino e junto com os dirigentes do clube

    Carille tem participação discreta na reapresentação do Corinthians pós-derrota no Majestoso

    ver detalhes
  • Corinthians tem decisão no Paulista e estreia no NBB nessa semana

    Volta à Arena, decisões no basquete e no futsal e Libertadores: a agenda do Corinthians na semana

    ver detalhes
  • Sornoza e Pedrinho podem retornar ao Corinthians para o jogo de quarta-feira

    Corinthians deve ter trio de volta para a partida contra o Goiás

    ver detalhes
  • Corinthians finalmente faz sua estreia na Libertadores Feminina

    Conmebol confirma Libertadores Feminina, e Corinthians faz estreia nesta segunda

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: