Vital marca em jogo-treino, mas Corinthians faz repeteco e volta a empatar com Red Bull

Vital marca em jogo-treino, mas Corinthians faz repeteco e volta a empatar com Red Bull

Por Lucas Faraldo e Thaina Barros

17 mil visualizações 197 comentários Comunicar erro

Emerson Sheik participou do jogo-treino desta terça após atuar no segundo tempo do dia anterior

Emerson Sheik participou do jogo-treino desta terça após atuar no segundo tempo do dia anterior

Thaina Barros / Meu Timão

Sabe aquela história de que nem mesmo se houvesse mais 90 minutos de partida o placar se alteraria? Foi mais ou menos isso que aconteceu no jogo-treino entre Corinthians e Red Bull Brasil disputado na tarde desta terça-feira no CT Joaquim Grava.

Um dia após empatarem em 1 a 1 no estádio Moisés Lucarelli, pelo Campeonato Paulista, as equipes repetiram o marcador, desta vez em duelo não-oficial e com dois tempos de 30 minutos de duração cada. O único gol do Timão foi anotado pelo meia Mateus Vital.

Preservando os titulares da partida da última segunda, Carille mandou a campo para o primeiro tempo do jogo-treino a seguinte escalação: Caique, Mantuan, Pedro Henrique, Yago e Maycon; Gabriel e Camacho; Mateus Vital, Jadson e Lucca; Danilo.

Com tal formação, o Corinthians demorou para achar o caminho do gol adversário. A bem postada defesa do Red Bull Brasil minava as tentativas de ataque do Timão.

Eis que brilhou a estrela do jovem Mateus Vital. Com assistência de Lucca, o meia de 19 anos, que já havia deixado sua marca em jogo-treino disputado mês passado contra o Nacional-SP, foi às redes mais uma vez e abriu assim o placar para o Timão.

Nem mesmo a vitória parcial fez com que Carille deixasse de aproveitar o jogo-treino para fazer testes no segundo tempo. Entraram: Filipe, Léo Santos, Romão, Paulo Roberto, Sheik e Pedrinho. Saíram Caique, Yago, Mayccon, Gabriel, Lucca e Camacho.

A escalação para os 30 minutos finais, portanto, foi a seguinte: Filipe, Mantuan, Léo Santos, Pedro Henrique e Romão; Paulo Roberto e Mateus Vital; Pedrinho, Jadson e Sheik; Danilo. Destaque para a utilização de Vital mais recuado no esquema 4-2-3-1.

E se a primeira equipe utilizada no jogo-treino já não demonstrara muita liga, a segunda foi a ainda pior. Num lance que contou com falha de Paulo Roberto, João Denoni roubou a bola e estufou as redes para empatar para o Red Bull.

Carille ainda aproveitou para testar mais modificações: sacou Danilo e Jadson para as entradas de Kazim e Warian. O Gringo da Favela até teve uma chance após receber boa bola de Pedrinho, mas ficou sem ângulo depois de se livrar do goleiro e chutou para fora. Na sequência, em nova oportunidade, o centroavante chutou em cima do arqueiro.

No fim das contas, ficou nisso. 1 a 1. De novo. Que dureza, Timão!

Veja mais em: Treino do Corinthians, CT Joaquim Grava e Mateus Vital.

Veja Mais:

  • Corinthians de Fábio Carille deve chegar reforçado para temporada de 2019

    Retorno de Carille turbina padrão do Corinthians no mercado da bola; veja listas e compare

    ver detalhes
  • Ramiro tem 25 anos e estava no Grêmio desde 2013

    Negócio entre Corinthians e Ramiro é detalhado por presidente do Grêmio: 'Estamos amarrados'

    ver detalhes
  • Thiago Neves desperta interesse no Corinthians

    Corinthians formaliza interesse em Thiago Neves e Sassá, relata Cruzeiro

    ver detalhes
  • Matias Ávila, diretor financeiro, e Roberto Gavioli, gerente financeiro, em coletiva nesta quarta-feira

    Corinthians confirma déficit em 2018, mas prevê explosão de receitas com TV e patrocínios

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes