Em apresentação, técnico e jogadoras valorizam novo momento do Corinthians no futebol feminino

Em apresentação, técnico e jogadoras valorizam novo momento do Corinthians no futebol feminino

Por Andrew Sousa e Lucas Faraldo

3.9 mil visualizações 32 comentários Comunicar erro

Elenco e comissão foram oficialmente apresentados nesta quarta-feira

Elenco e comissão foram oficialmente apresentados nesta quarta-feira

Lucas Faraldo/Meu Timão

A manhã de quarta-feira foi movimentada no CT Joaquim Grava. Depois de anunciar o atacante Matheus Matias, o Corinthians apresentou oficialmente a equipe feminina para a atual temporada. Será o primeiro ano do time de forma independente, já que a parceria de dois anos com o Osasco Audax foi encerrada.

"Gestão antes compartilhada agora única. Isso aumenta responsabilidade mas também a projeção da modalidade. Estamos orgulhosos e ansiosos para defender essa camisa tão grande do futebol", disse o técnico Arthur Elias, um dos nomes a conceder entrevista coletiva - ao lado de Duílio Monteiro, a vice-presidente Edna Murad e as jogadores Alline Calandrini e Grazi.

Leia também: Gol de Matheus, ausência de Balbuena e evolução de Juninho: treino pré-Dérbi do Corinthians

A principal mudança, claro, é de estrutura. A partir de agora, o elenco alvinegro passa a trabalhar no mesmo espaço que a base desenvolve suas atividades. Além disso, o Parque São Jorge será o palco das partidas da equipe. Até aqui, o saldo tem sido positivo.

"Temos uma condição excelente. Tínhamos antes também. Foram dois anos vitoriosos. O que acho é que ampliamos o projeto, até pela grandeza do Corinthians. Foi um avanço. Mas agradecemos muito a parceria (com o Audax). Fomos muito felizes. Mas agora é um novo momento", explicou o treinador.

"Dificilmente um clube no Brasil dá o que se dá para as meninas, bem igual ao que o Corinthians nos dá esse ano. Saí do Santos acreditando no que o Corinthians tem proposto para nós. É uma aposta forte que dou. Resultados sairão", completou a zagueira Alline Calandrini, uma das 11 contratadas para a temporada.

Leia também: Ao Meu Timão, Alline Calandrini valoriza projeto, fala de reality show e revela sonho

Apesar dos inúmeros reforços, grande parte da equipe titular permaneceu no Corinthians. É o caso de Grazi, que vai para seu terceiro ano de clube. Para ela, que conhece o projeto desde o início, a evolução é notável.

"Esses últimos três anos, principalmente depois que passamos a usar a camisa do Corinthians, esse reconhecimento melhorou bastante. Hoje me sinto muito honrada por ter o que tenho a nível de treinamento e condição técnica. Que permaneça", concluiu.

Veja mais em: Futebol feminino.

Veja Mais:

  • Clayson, Luan, Sornoza, Marciel e Matheus Matias: confira o vaivém no Corinthians neste fim de 2018

    Corinthians no mercado da bola: veja quem chega e quem sai do clube para 2019

    ver detalhes
  • Sergio Díaz é bem cotado no Corinthians para 2019

    Corinthians confia em boom de Sergio Díaz e já projeta mantê-lo; veja operação financeira

    ver detalhes
  • Carille e a direção alvinegra já trabalham em cima de reforços desde o mês passado

    Andrés agradece 'não' de Carille a oferta maior e garante chegada de jogadores pedidos pelo técnico

    ver detalhes
  • Corinthians pode perder Romero de graça para o Internacional em 2019

    Ainda sem acordo por renovação no Timão, Romero negocia pré-contrato com o Internacional

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes