Casagrande critica declaração de Romero direcionada ao Santos: 'Não foi engraçado'

Casagrande critica declaração de Romero direcionada ao Santos: 'Não foi engraçado'

Por Meu Timão

5.1 mil visualizações 252 comentários Comunicar erro

Casagrande opinou sobre polêmica envolvendo Romero e Santos

Casagrande opinou sobre polêmica envolvendo Romero e Santos

Reprodução/TV Globo

Costumeiramente franco em seus comentários, Walter Casagrande criticou o atacante Ángel Romero, do Corinthians, em participação no quadro Fala, Casão!, do programa Globo Esporte desta terça-feira. Embora ídolo do mesmo Timão de Romero e ainda identificado com a Fiel, o ex-jogador lamentou a declaração dada pelo camisa 11 após o clássico disputado entre Santos e Corinthians no último domingo, no Pacaembu.

Antes de descer para o vestiário, Romero foi questionado por um repórter a respeito de um entrevero em que se envolveu com atletas reservas do Santos. De cabeça quente, o atacante corinthiano ironizou a equipe rival e o fato de os torcedores do clube celebrarem o empate por 1 a 1. “O cara me deu uma porrada, mas está tudo bem, faz parte do jogo. Olha como estão comemorando. Time pequeno!”.

Para Casagrande, a fala de Romero evidencia que o jogador sequer conhece a trajetória de Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, maior jogador de futebol de todos os tempos e que vestiu as cores do rival Santos durante boa parte da carreira – sairia em 1975 rumo ao New York Cosmos, dos Estados Unidos, onde penduraria as chuteiras pouco mais tarde, em 1977.

“O departamento de marketing do Corinthians deveria imprimir toda a história do Santos e dar para o Romero ficar estudando. Porque um cara que fala isso não sabe nem quem é o Pelé, não é possível”, lamentou Casão, que citou também o longo período sem vitórias do Corinthians sobre o Santos em jogos do Campeonato Paulista, de 1957 a 1968. Curiosamente, o Timão pôs fim a esse tabu há exatos 50 anos, em 6 de março de 1968.

“Você não pode falar nada da história do Santos, pode brincar, falar que é freguês, mas dizer que é time pequeno? Isso não foi engraçado, não foi engraçado para ninguém, nem para a torcida do Corinthians foi engraçado. O Corinthians ficou 11 anos num tabu contra o Santos nos anos 60. Gente, pera aí!”, completou.

Fato é que a declaração de Romero não repercutiu bem nos bastidores. O próprio atacante cogita pedir desculpa publicamente ao Santos pelo que disse pós-clássico no Pacaembu.

Veja mais em: Romero, Corinthians x Santos e Ídolos do Corinthians.

Veja Mais:

  • Timãozinho segue treinando forte para encarar o Vasco, pela semifinal da Copinha

    Semifinal da Copinha e dois confrontos pelo Paulistão: a agenda do Corinthians na semana

    ver detalhes
  • Duilio Monteiro Alves, diretor de futebol, falou em nome da diretoria na Arena Corinthians

    Luan, Love, Arana, Romero e Ramires: diretor do Corinthians atualiza negociações

    ver detalhes
  • Boselli pode ser a novidade do Corinthians contra a Ponte Preta, sábado, às 19h, na Arena

    Corinthians pode ter time reserva na Arena de olho em clássicos, Copa do Brasil e Sul-Americana

    ver detalhes
  • Henrique marcou primeiro gol oficial do Corinthians na temporada de 2019

    Henrique faz no fim, Corinthians empata com São Caetano e deixa impressão positiva para o Paulistão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes