Presidente do Santos baixa preço por Zeca, mas afasta chance de acerto com o Corinthians

26 mil visualizações 139 comentários

Por Meu Timão

Zeca entrou na justiça para rescindir contrato com o Santos

Zeca entrou na justiça para rescindir contrato com o Santos

Divulgação/Santos

Depois de ter tudo praticamente acertado para assinar com Zeca, o Corinthians recuou no negócio e ainda tenta uma solução nos bastidores para contar com o jogador. O entrave tem a ver com um processo jurídico entre o atleta e o Santos, que ameaçou cobrar R$ 50 milhões caso o Timão realmente o contratasse. Esse valor, no entanto, passou por um reajuste por parte do clube santista.

"É um jogador que tem valor, sim, campeão da Olimpíada e lateral que está em falta no mercado. Quem pagar o valor leva. Se for pela multa é 50 milhões de euros (R$ 202 milhões) pelo mercado internacional e 150 milhões de euros (R$ 606 milhões) no mercado nacional. Mas vamos falar do valor que ele vale hoje: 8 milhões de euros (cerca de R$ 32 milhões)", afirmou José Carlos Peres, presidente do Santos, à Radio Bandeirantes nesta quinta-feira.

Leia também:
'Caso Scarpa' e rivalidade com o Santos atrapalham avanço de Corinthians por Zeca
Para advogado, Corinthians seria penalizado ao contratar Zeca

Apesar da queda no valor, o discurso não parece favorável ao Corinthians no momento. Perguntado sobre as negociações, o mandatário da equipe do litoral deixou claro que nunca negociou com ninguém do Timão, afastando a possibilidade.

"No meu entendimento essa possibilidade é zero hoje. O jogador tem uma posição, um processo. Os valores são altos para este país", afirmou, antes de descartar a alternativa de uma troca entre Marquinhos Gabriel e o lateral.

"Essa hipótese nunca aconteceu, apesar de reconhecer o valor do jogador. Nunca esteve em nossos planos. Não existe", completou.

O imbróglio entre Zeca e Santos, vale lembrar, diz respeito ao não pagamento de FGTS pelo clube da Baixada. No momento, o jogador conseguiu habeas corpus para assinar com outra equipe, mas o entrave judicial tem outra audiência marcada para abril e o Corinthians pode ter de acabar arcando com altos valores em caso de derrota por parte do atleta. Para se resguardar, o clube tentou repassar a responsabilidade aos empresários, o que acabou travando a negociação.

Veja mais em: Mercado da bola.

Veja Mais:

  • Otero é pretendido pelo Corinthians e pode chegar para concorrer com Mateus Vital

    Otero recebe elogios de Vital, possível concorrente por vaga de titular no Corinthians

    ver detalhes
  • Jô comemorando seu gol contra o Atlético Mineiro, pelo Brasileirão

    Como o número de participações em gol de Jô no Corinthians mais do que dobrou desde 2017

    ver detalhes
  • Roda gigante que será construída no Parque São Jorge, de acordo com o candidato Augusto Melo

    Candidato promete revitalizar Parque São Jorge com parque temático e até roda gigante; veja imagens

    ver detalhes
  • Gustavo Mosquito e Mateus Vital durante treinamento no CT, ainda na época de Fábio Carille; atacante voltou ao clube

    Mateus Vital fala do retorno de Gustavo Mosquito ao Corinthians e ressalta importância tática

    ver detalhes
  • Gustavo Mosquito se despediu do Paraná nesta sexta-feira

    Gustavo Mosquito se despede do Paraná em redes sociais; atacante retorna ao Corinthians 

    ver detalhes
  • Corinthians enfrenta graves problemas financeiros durante a pandemia

    Corinthians define acordo com América-MG e pagará dívida de R$ 3 milhões em 12 parcelas

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: