Erros em bola parada e destaque a garotos: Carille repercute derrota no Pacaembu

Erros em bola parada e destaque a garotos: Carille repercute derrota no Pacaembu

Por Vinícius Souza e Larissa Lima

21 mil visualizações 291 comentários Comunicar erro

Carille concedeu entrevista coletiva após revés no Pacaembu

Carille concedeu entrevista coletiva após revés no Pacaembu

Foto: Vinícius Souza/Meu Timão

A derrota para o Bragantino por 3 a 2, na tarde deste domingo, no Pacaembu, passa pela fragilidade defensiva apresentada pelo Corinthians nas bolas paradas. Em entrevista coletiva após a partida, o técnico Fábio Carille lamentou os erros do Timão no fundamento e já mirou o duelo de volta, marcado para quinta-feira, na Arena Corinthians.

“Fizemos um jogo abaixo do normal, erramos muitos passes. Tomamos dois gols de bola parada, não é algo tático. Faltou concentração. Apesar de ser um ponto forte do adversário. Então agora temos que ter concentração. O resultado pela diferença de um gol leva a decisão para os pênaltis”, afirmou Carille.

Os gols do Bragantino foram marcados por Matheus Peixoto, Vitinho e Ítalo, dois deles anotados após rebotes cedidos pelo goleiro Cássio. Já o Timão foi às redes com Balbuena, de cabeça, e Pedrinho, que arriscou chute de fora da área e diminuiu o prejuízo corinthiano no Pacaembu.

“Dois gols foram de bola parada, que vamos analisar depois. Nós perdemos, temos que acertar, temos três dias de trabalho para prepara o melhor e conseguir a vitória dentro de casa”, projetou o treinador.

Leia também:
Vitória por dois gols? 1 a 0 classifica? Veja o que o Corinthians precisa para ir à semi do Paulista
Rodriguinho não vê Corinthians 'relaxado' em derrota, mas admite: 'Faltou a chama'

Outro ponto abordado por Carille na conversa com a imprensa diz respeito às atuações não só de Pedrinho como de Mateus Vital, que deixaram o banco de reservas na segunda etapa. Para o comandante alvinegro, ambos já demonstraram capacidade para decidir jogos e têm aproveitado as chances que recebem.

“Os meninos vêm treinando bem, já deixei clara a situação do Pedrinho, o Mateus a gente sabe a qualidade”, pontuou. “São meninos que estão pedindo espaço e cada vez mais vão ter. Para o individual funcionar, o coletivo tem que estar bem também. Tem que isolar esses jogadores para que fique no um contra um. Para que aconteça as jogadas individuais, tem que isolar eles”, explicou.

O Corinthians agora precisará vencer por dois gols de diferença para se classificar às semifinais do Campeonato Paulista. Sobre o embate decisivo, Carille admite que o Bragantino passa a ser o favorito, mas dá o recado: “No mata-mata toda vantagem é importante. Os primeiros minutos do jogo que vão mostrar”, concluiu.

Veja mais em: Fábio Carille, Campeonato Paulista, Pedrinho e Mateus Vital.

Veja Mais:

  • Diego Tardelli está há três temporadas no Shandong Luneng

    Corinthians recebe aceno positivo de 'concorrido' Tardelli por retorno ao Brasil

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians lotou Arena para finalíssima da Copa do Brasil

    Salvo padrão Fifa, Arena Corinthians tem seu maior ganho líquido de renda na final da Copa do Brasil

    ver detalhes
  • Cássio falou com o jornalistas na tarde desta sexta-feira no CT do clube

    Cássio critica agente de Pedrinho após postagem: 'As coisas se resolvem aqui, não falando fora'

    ver detalhes
  • Corinthians de Jadson e Henrique flerta com marca do rebaixamento de 2007

    'Pior Corinthians dos últimos cinco anos' já flerta com marca do rebaixamento de 2007

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes