Secretário da Fifa aprova arena corintiana para abertura, diz jornal

Secretário da Fifa aprova arena corintiana para abertura, diz jornal

Após mostrar certa desconfiança ao dizer que ainda não havia recebido nenhuma cópia do projeto corintiano para receber a abertura da Copa do Mundo de 2014, a Fifa dá sinais de que começa a ceder e aceitar a arena que será erguida em Itaquera como palco do jogo de abertura do Mundial. Mesmo sem ter maiores informações do empreendimento e definições de quem bancará a construção, o secretário-geral da entidade, Jérome Valcke, mudou o discurso ao falar novamente sobre a polêmica que cerca a sede paulista, em entrevista concedida ao jornal O Estado de S. Paulo nesta quinta-feira e publicada na edição desta sexta.

O dirigente, que apontou diversas críticas ao Morumbi na época em que o estádio são-paulino era tido como preferido da capital paulista para receber os jogos, foi claro em anunciar que, quando CBF e Corinthians apresentarem uma arena com mais de 65 mil lugares (mínimo exigido pela Fifa para a abertura), ela será aprovada como palco da primeira partida. Nos últimos dias, o clube do Parque São Jorge anunciou a mudança do projeto inicial, de 48 mil para 65 mil lugares, atendendo às exigências da entidade, mas sem especificar quem bancará a diferença na capacidade.

Fonte: Terra

Enviado por: will2s

Veja Mais:

  • Timão venceu o Patriotas nesta quarta-feira na Arena

    Adversário do Corinthians nas oitavas da Sul-Americana é definido

    ver detalhes
  • Emerson Santos, do Botafogo, está no radar do Corinthians

    Corinthians se aproxima de zagueiro do Botafogo e tenta contratação imediata

    ver detalhes
  • Site da Nike está vendendo o novo modelo, que ainda não foi lançado oficialmente

    Nova terceira camisa do Corinthians é divulgada em site da Nike; veja fotos

    ver detalhes
  • Pedrinho comemorou primeiro gol pelo Corinthians com jantar no Burger King

    Pedrinho comenta pós-jogo no Burger King e confessa 'noite difícil' após gol pelo Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes