Título, reação ou suspense prolongado?

Título, reação ou suspense prolongado?

O torcedor apaixonado já marcou a data e o horário na agenda: domingo, 17h, tem rodada completa do Brasileirão. São dez jogos começando ao mesmo tempo, com a sensação de que novamente a briga pela liderança deve acontecer minuto a minuto, exatamente como no último domingo. Fluminense, Corinthians e Cruzeiro entram em campo com missões diferentes, um sonhando com a taça que não chega desde 1984, os outros com a possibilidade de nova reviravolta, para que o suspense se prolongue até o dia 5 de dezembro.

Com o equilíbrio que vem se arrastando por quase todo o campeonato e com a pequena vantagem sustentada pelo Flu, não é difícil imaginar que a previsão do próprio Muricy Ramalho de que a decisão só viria na última rodada possa mesmo se concretizar. De qualquer forma, o time carioca espera encerrar os altos e baixos que assombram os líderes para, enfim, voltar a ser campeão. Para isso, precisa superar o Palmeiras e torcer para que o Corinthians perca e o Cruzeiro não vença.

Para o time paulista, que chegou a prever uma disparada na ponta antes de sofrer o empate do Vitória na última rodada, a esperança é repetir o Flamengo de 2009. No ano passado, o Rubro-Negro alcançou a liderança exatamente na 37ª rodada aproveitando tropeço do então líder São Paulo. E se sagrou campeão no domingo seguinte. A missão da vez: vencer o Vasco sem a presença de Ronaldo, mas com as voltas de Dentinho e Bruno César apoiado por um Pacaembu lotado.

Situação mais complicada enfrenta o Cruzeiro. Dois pontos atrás do líder, a equipe mineira ainda acredita, mas tem o jogo mais duro entre os concorrentes, fora de casa e contra um Flamengo que luta para escapar de vez do perigo do rebaixamento. Para Cuca, a única opção é ir para o ataque, torcendo para que Montillo possa repetir o que fez nas quartas de final da Libertadores, quando liderou a Universidad de Chile no triunfo sobre os cariocas.

O jogo
Palmeiras x Fluminense, Arena Barueri (Barueri, SP), domingo, 17h

O astral do time carioca não poderia ser melhor nesta reta final. As boas notícias chegaram aos montes nos últimos dias, seja na forma de resultados e ascensão na tabela, seja pela recuperação de jogadores lesionados. Depois de Deco e Fred, que foram decisivos na goleada contra o São Paulo, quem volta ao ataque é Emerson, peça que faltava no quadrado ofensivo de Muricy Ramalho. Contando também com a inspiração de Conca e com os avanços de Mariano e Carlinhos, o time espera abafar o Palmeiras do início ao fim.

Os paulistas, por sua vez, não podem compartilhar o mesmo sentimento. Após a traumática eliminação na semifinal da Copa Sul-Americana contra o Goiás e já sem pretensões no campeonato, Luiz Felipe Scolari pode antecipar férias para alguns jogadores e seguir os testes para 2011 com outros que ainda não se firmaram. E tudo isso podendo ser o fiel da balança do título, com o rival Corinthians envolvido na briga. É certamente uma situação com a qual o experiente comandante não havia previsto.

E o que mais?
Enquanto no topo da tabela a briga pelo título esquenta, a luta para permanecer na Série A do Brasileirão ganha contornos dramáticos. O Flamengo sonha com pelo menos um empate para espantar de vez o fantasma do rebaixamento, mas o adversário da vez é o Cruzeiro, que precisa da vitória para manter suas chances de ser campeão. Situação semelhante à do Vitória, primeiro time na zona de rebaixamento, que encara um Grêmio motivado pela busca de uma possível vaga na Copa Libertadores.

Outro gigante ameaçado, o Atlético-MG entra em campo contra o matematicamente rebaixado Goiás, e com um empate pode dar adeus ao pesadelo da Série B. O Guarani encara o Internacional, que já está com a cabeça na disputa da Copa do Mundo de Clubes da FIFA. À beira da zona de degola, Avaí e Atlético-GO enfrentam Santos e São Paulo, que já não têm mais ambições no Brasileirão 2010.

O número
+2 - Além de ter um ponto a mais que o Corinthians, o líder Fluminense também leva vantagem sobre saldo de gols, segundo critério de desempate na classificação (ambos estão empatados com 18 vitórias). A equipe de Muricy tem saldo positivo de 24 gols, contra 22 de seu concorrente paulista. O Cruzeiro vem bem atrás, com 13.

A frase
“Eu prefiro os pontos corridos. É mais coerente, privilegia quem se planeja melhor para a disputa do Campeonato Brasileiro. Temos outros campeonatos que são eliminatórios", Mano Menezes, técnico da Seleção Brasileira

A 37ª rodada completa do Campeonato Brasileiro:
Ceará x Atlético-PR
Avaí x Santos
Corinthians x Vasco da Gama
Palmeiras x Fluminense
Flamengo x Cruzeiro
Botafogo x Grêmio Prudente
Guarani x Grêmio
Atlético-MG x Goiás
Internacional x Vitória
Atlético-GO x São Paulo

Fonte: FIFA

Enviado por: will2s

Veja Mais:

  • Índio deu a vitória ao Corinthians/UNIP

    Com gol no fim, Corinthians vira para cima do Sorocaba e se aproxima do título nacional

    ver detalhes
  • Oswaldo comandou atividades desta segunda-feira

    Oswaldo esboça Corinthians para duelo com Cruzeiro; veja provável escalação

    ver detalhes
  • Oya é um dos destaques do Timão na disputa no Sul do Brasil

    Timão joga bem, mas não impede segunda derrota na Copa Internacional Sub-20

    ver detalhes
  • Dispensado do Corinthians, Willians se pronuncia em rede social

    Dispensado do Corinthians, Willians se pronuncia em rede social

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes