Fundo do Fielzão reduz os tributos

Fundo do Fielzão reduz os tributos

O Corinthians enviou para análise do BNDES a proposta de um fundo de investimento de capital fechado, em parceria com a Odebrecht, para obter o financiamento para o Fielzão. A troca, em relação à Sociedade de Propósito Específico (SPE), foi motivada por razões fiscais.

Dessa maneira, a incidência de Imposto de Renda ocorre no resgate das cotas, cessão para terceiros ou fim da carteira. No caso de uma SPE, além do IRPJ, a empresa pagaria CSLL, PIS e Cofins. Se o banco aceitar, a obra só dependerá das licenças.

Fonte: Lancenet

Enviado por: will2s

Veja Mais:

  • Carille comandou o treino do Corinthians deste sábado, no CT Joaquim Grava

    Pablo treina, e Carille define escalação do Corinthians contra o Atlético-GO

    ver detalhes
  • Clayson foi relacionado pela primeira vez no Corinthians

    Com estreia de Clayson e Pablo, Corinthians relaciona 22 contra Atlético-GO

    ver detalhes
  • Clayson deve estrear com a camisa do Corinthians neste domingo

    Relacionado pela primeira vez, Clayson faz declaração à torcida do Corinthians em rede social

    ver detalhes
  • Roberto (à esq.) está pessimista por negócio com Cicinho

    Roberto de Andrade esclarece especulações, vê Cicinho distante e abre o jogo sobre Nenê

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes