Andrés promete 'trabalhos em três turnos' no estádio a partir de março de 2011

Andrés promete 'trabalhos em três turnos' no estádio a partir de março de 2011

O presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, agendou o início efetivo das obras no estádio do Corinthians em Itaquera, São Paulo (SP), que será uma das sedes da Copa do Mundo de 2014. Segundo o dirigente declarou a rádio, operários começarão a erguer a arena do clube alvinegro no dia 15 de março .

“No mais tardar, dia 15 teremos três turnos de trabalho nas obras do estádio. O torcedor pode ficar tranquilo, que o clube terá a sua arena”, disse Andrés Sanchez, em entrevista sexta-feira à rádio Jovem Pan.

“Estamos negociando o excedente na construção e, até o final de janeiro, vamos anunciar a empresa”, completou Andrés, sobre o anúncio de quem será o investidor que ajudará o Corinthians a ampliar sua obra de 48 mil lugares para 65 mil, para poder receber a abertura do Mundial no Brasil.

Uma das dúvidas na declaração é se o Corinthians já tem um cronograma de obras preparado, o que é considerado prematuro para um projeto tão recente e que precisa do aval da Fifa.

“Agora no fim do ano conseguiremos fazer o projeto da geometria do estádio que teve de ser mudado, e da cobertura estrutural”, afirmou, segundo a Folha de S.Paulo, Raquel Verdenacci, coordenadora-executiva do Comitê Paulista da Copa.

“No projeto inicial só tínhamos camarotes em um lado do estádio. Para receber a abertura da Copa, é necessário ter os camarotes em todo o anel do estádio”, explicou ela.

Fonte: UOL

Enviado por: will2s

Veja Mais:

  • Corinthians volta a jogar nesta segunda pela Liga Nacional

    Corinthians encara 'reforçado' Sorocaba na primeira final da Liga Nacional

    ver detalhes
  • Pelada registrada no Amapá, onde Caio presenciou o tradicional 'futilama'

    Do Amapá à Antártida: torcedor do Corinthians, fotógrafo percorre o mundo em busca de peladas

    ver detalhes
  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes