Governador de SP marca encontro para definir futuro do Itaquerão

Governador de SP marca encontro para definir futuro do Itaquerão

O novo governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, confirmou na última segunda-feira (3) que terá reunião com o presidente do COL/2014 (Comitê Organizador Local), Ricardo Teixeira, para agilizar a construção do estádio do Corinthians, na zona leste da capital paulista.

“Ontem mesmo telefonei para o Ricardo Teixeira, que está no exterior. Marcamos uma reunião para a próxima semana, no máximo em 10 dias para traçar os planos do estádio”, afirmou ao canal “BandSports”, nesta quarta-feira.

A arena alvinegra foi indicada por Teixeira para a abertura do Mundial, mas ainda depende de financiadores. O Corinthians tem garantia para apenas dois terços da obra, estimada em R$ 600 milhões. O presidente do clube, Andres Sanchez, afirma que até o final do mês revelará quem vai bancar o restante da obra.

Prazo
Na última terça, o novo secretário de Esportes do estado, Jorge Roberto Pagura, impôs prazo para que o Corinthians viabilize o Itaquerão. Caso o clube não defina sua proposta, o governo já tem um plano B para que a abertura da Copa não escape de São Paulo.

Fonte: Portal 2014

Enviado por: will2s

Veja Mais:

  • Balbuena subiu mais alto do que todo mundo para marcar o gol do Corinthians

    Balbuena faz golaço de cabeça, e líder Corinthians vence Fluminense pelo Brasileirão

    ver detalhes
  • Balbuena marcou o gol da vitória do Corinthians

    Balbuena e Cássio são os melhores em vitória do Corinthians; Carille se destaca também

    ver detalhes
  • Corinthians de Carille venceu Fluminense de Abel Braga

    Carille, após vitória do Corinthians: 'Não tem time invencível. Tem time que trabalha muito sério'

    ver detalhes
  • Balbuena fez gol e Giovanni Augusto deu assistência em vitória do Corinthians no Rio

    Vitória do Corinthians frustra trio de perseguidores e pressiona Grêmio; veja a classificação

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes