Tolima fica no 0 a 0 e deverá ter desfalque contra Timão

Tolima fica no 0 a 0 e deverá ter desfalque contra Timão

Faltando uma semana para enfrentar o Corinthians, no jogo de ida da primeira fase da Libertadores, o Deportes Tolima foi convidado de honra da “Noite Amarela”, a festa de início de temporada organizada pelo Barcelona de Guayaquil.

A noite de quarta-feira começou começou com vários shows musicais, seguidos pela apresentação dos reforços do time equatoriano. O principal deles é o meia argentino Rodrigo Marangoni, condutor do Tolima na disputa da Copa Sul-Americana do ano passado.

Quando a bola rolou, Barcelona e Tolima fizeram um jogo morno, sem grandes chances de gol e que só poderia terminar mesmo no zero a zero.

A partida serviu para os colombianos jogarem com a mesma bola que será usada na Copa Libertadores. Os dois times voltam a se enfrentar no sábado.

O técnico Hernán Torres repetiu a escalação titular que usou no primeiro amistoso do ano, outro empate, contra o Atlético Huila. Jogando no 4-4-2, tentou compensar a perda de Marangoni, com um meio-campo com estilo mais de marcação e contra-ataque. Usando a velocidade, o experiente meia-direita Elkin Murillo criou as melhores oportunidades do time.

Na frente, o goleador Wilder Medina não viveu uma noite muito inspirada e o colega de frente Jhon Hurtado não teve o mesmo oportunismo da partida contra o Huila, quando marcou o único gol da equipe.

Tudo isto fez a torcida do Tolima lamentar ainda mais a queda-de-braço entre a diretoria e o atacante Jorge Perlaza. Destaque do time na temporada passada, Perlaza fez dez gols na liga nacional e nos jogos da Copa Sul-Americana chamou a atenção pela habilidade.

Valorizado, Perlaza quer se transferir, mas está preso por um contrato que se encerra em 2013. O jogador alega que no início de 2008 foi enganado pelo clube, que o fez assinar dois acordos de três anos de duração. O primeiro deles venceu e o clube agora quer registrá-lo na Federação Colombiana utilizando o segundo, o chamado contrato de gaveta. Amparado pelo sindicato dos jogadores, Perlaza garante que a prática é ilegal, enquanto o clube se recusa a voltar atrás e diz que o jogador evita qualquer tentativa de diálogo.

A solução não parece estar próxima, o que afasta a possibilidade de Hernán Torres contar com Perlaza para os confrontos contra o Corinthians. Mais uma vantagem para o Timão.

Tolima fica no 0 a 0 e deverá ter desfalque contra Timão

Enviado por: Leonardo Silva

Veja Mais:

  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes
  • Golaço de Marlone sobre Cobresal rendeu a ele indicação ao Puskás

    Marlone supera Messi e Neymar e vai à final do Prêmio Puskás da Fifa

    ver detalhes
  • Luidy (boné) conheceu o CT Joaquim Grava na última quinta-feira

    Contratação do Corinthians vai ao CT pela primeira vez

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes