Jogamos como a torcida corintiana gosta, diz Júlio César

Jogamos como a torcida corintiana gosta, diz Júlio César

Por Meu Timão

A difícil vitória sobre o Palmeiras por 1 a 0, neste domingo, foi muito comemorada pelos jogadores do Corinthians. A equipe estava sendo muito pressionada após a eliminação na fase preliminar da Libertadores - para o Deportes Tolima, na última quarta-feira, na Colômbia - e com o resultado positivo afastou a crise com a torcida.

Para o goleiro Júlio César, principal destaque da vitória corintiana, a raça demonstrada pelos atletas agradou os torcedores. "Hoje (domingo) jogamos como a torcida gosta, mas sabemos que a pressão dela vai continuar. A gente esteve bem e mostramos que o grupo é forte. É um recomeço", declarou.

Outro grande personagem do jogo foi Alessandro. O lateral-direito marcou o gol da vitória e tomou cartão amarelo por comemorar provocando a torcida palmeirense. De cabeça mais fria, o jogador pediu desculpas ao adversário pelo ato.

"Foi um desabafo pessoal, não foi nada contra ninguém. Agi de uma maneira forte e peço desculpas aos jogadores do Palmeiras. Foram dias muito difíceis, todos sabem como a gente estava pressionado", declarou o experiente lateral, lembrando a cobrança da torcida corintiana no CT Joaquim Grava durante a semana.

Fonte: Estadão

Veja Mais:

  • Cássio foi presenteado por Dona Lina no encontro dos dois no CT Joaquim Grava

    Com presente guardado há cinco anos, corinthiana de 87 anos realiza sonho de conhecer Cássio

    ver detalhes
  • Felipe, Malcom e Gil foram vendidos pelo Corinthians em 2016

    Venda de atletas e luvas da TV fazem Corinthians ter maior arrecadação da história em 2016

    ver detalhes
  • Diga xis! Confira o novo álbum 3x4 do elenco do Corinthians

    Diga xis! Confira o novo álbum 3x4 do elenco do Corinthians

    ver detalhes
  • Danilo treinou com bola no campo; meia é preparado para o Brasileirão

    Danilo trabalha com bola e fica perto da volta; veja o que rolou no dia do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes