Paulo Henrique Ganso já negocia transferência para o Corinthians, diz portal

Paulo Henrique Ganso já negocia transferência para o Corinthians, diz portal

O meia santista, Paulo Henrique Ganso, pode mesmo ser transferido para o rival Corinthians. As negociações estão em andamento há três semanas, segundo o portal IG. O site revela que o presidente do Santos, Luís Álvaro de Oliveira Ribeiro, confirmou que o braço esportivo do Grupo Sonda, a DIS, ofereceu o craque ao Timão.

"O presidente do Corinthians me contou isso, mas as pessoas esquecem que o Ganso tem contrato até 2015 e assumiu esse compromisso, acreditamos na palavra e na boa fé do atleta", disse o presidente do Peixe ao IG.

A multa rescisória para clubes brasileiros está avaliada em R$ 66 milhões. Para clubes europeus o valor é de 50 milhões de euros (R$ 115 milhões). Conforme o IG, a intenção da DIS e do Corinthians é arcar com a multa.

Ainda de acordo com o portal, a negociação é feita há três semanas. O presidente do Timão, Andrés Sanches, se reuniu com o Hypermarcas (grupo de investidores) para tentar convencê-los a comprar Ganso e repassar o jogador ao clube.

Ganso receberia no Timão quase quatro vezes mais do que recebe no Santos. O salário no Corinthians seria de cerca de R$ 500 mil. Na Vila, o camisa 10 do Peixe e da Seleção recebe aproximadamente R$ 130 mil.

Fonte: ig do brasil

Enviado por: rodrigo

Veja Mais:

  • Pedrinho assinou por mais dois anos com o Corinthians

    Corinthians renova contrato com meia Pedrinho

    ver detalhes
  • Fagner pode ser punido pelo TJD-SP

    TJD-SP promete analisar 'agressões' do Majestoso e cogita suspender Fagner da final do Paulistão

    ver detalhes
  • O atacante Lucca foi emprestado à Ponte Preta até dezembro de 2017

    Confira como estão os jogadores emprestados pelo Corinthians em 2017

    ver detalhes
  • Camisa 8 com nome de Basílio sendo exibida na loja oficial da Arena Corinthians

    Número de Basílio em 77, camisa 8 não será usada pelo Corinthians em decisão do Paulista

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes