Corinthians reafirma acordo com Marcinho e interesse em Luís Fabiano

Corinthians reafirma acordo com Marcinho e interesse em Luís Fabiano

Por Meu Timão

Marcinho pode ser mais um meia para o Corinthians

Marcinho pode ser mais um meia para o Corinthians

O presidente Andrés Sanchez segue à busca de reforços para o Corinthians, mesmo após a eliminação na pré-Libertadores. O clube tem um acordo para contratar o meia Marcinho, hoje no Qatar Sports Club, desde o início do ano e continua interessado em repatriar o atacante Luís Fabiano, do Sevilla.

"Com o Marcinho, ainda vale aquele acerto verbal", confirmou Sanchez, com a ressalva de que o acordo não assegura a vinda de Marcinho para o Corinthians. "Já pensou se alguém oferece 100 paus a mais para ele? O cara sempre vai para o clube que paga mais. O que interessa é grana", alertou.

O Corinthians tentou trazer Marcinho de volta ao Brasil já em janeiro, mas o Qatar Sports Club não liberou o atleta. O contrato do meia vencerá em maio, e seu clube se mostra disposto a desembolsar uma volumosa quantia para demovê-lo da ideia de retornar ao futebol brasileiro.

O técnico Tite observou Marcinho quando estava no Al-Wahda, dos Emirados Árabes Unidos. O jogador tem 26 anos e foi revelado pelo Cruzeiro. Ainda passou por Grêmio, Genclerbirligi (Turquia), Atlético-MG, Flamengo e Al-Jazira (Emirados Árabes Unidos).

Luís Fabiano é outro atleta com quem o Corinthians tinha acerto verbal. Andrés Sanchez chegou a oferecer € 7 milhões (R$ 16 milhões) para tirar o ex-são-paulino do Sevilla, da Espanha. "Mas retirei aquela oferta que fiz quando estava louco", debochou o presidente corintiano.

Após o Sevilla ser eliminado da Liga Europa, Luís Fabiano voltou a dar mostras de que planeja retornar ao Brasil, embora desminta que já tenha uma negociação em andamento. "Se ele vier sem o Corinthians ter que pagar a mais, interessa", avisou Sanchez, que contratou Liedson, ex-Sporting-POR, para suprir a carência no ataque do time de Tite.

Sem Ronaldo e Roberto Carlos, o Corinthians pretende contar com um novo astro em seu elenco para atrair investimentos. Esse jogador não será o argentino Tevez. Em entrevista à TV Gazeta, o empresário iraniano Kia Joorabchian declarou que recolocaria Carlitos no Parque São Jorge em cerca de três anos.

"Enquanto eu for presidente, não posso negociar com o Kia. Já pensou o que falariam? Diriam que o Andrés é amigo do Kia e que trouxe o Tevez por causa disso. Meu torcedor ficaria contente, mas todo mundo bateria em mim. Iriam querer me prender", justificou Sanchez, evitando contato com o presidente da extinta e obscura MSI, antiga parceira corintiana. Seu mandato acabará no final do ano.

O jogador mais próximo de acertar com o Corinthians no momento não é uma estrela. Trata-se do volante Willian Magrão, do Grêmio. "Não temos parceiros nesse negócio. Sem isso, fica difícil contratar. Mas vamos ver", desconversou Andrés Sanchez.

Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Mais:

  • Guilherme Arana disputará Sul-Americano no Equador

    Corinthianos são convocados para Sul-Americano Sub-20; Jabá fica fora

    ver detalhes
  • Moisés, de 21 anos, foi um dos destaques do Bahia em 2016

    Destaque do Bahia, lateral faz parte dos planos do Corinthians para 2017

    ver detalhes
  • Internacional foi alvo de gafe da Fifa

    Fifa comete gafe, troca escudo do Internacional e põe foto do Corinthians no lugar

    ver detalhes
  • Alan Mineiro não fica no Corinthians em 2017

    [Teleco] Alan Mineiro não fica no Corinthians em 2017

    ver detalhes

O Corinthians precisa mesmo de mais reforços?

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes