Imprensa italiana volta a falar em rescisão de Adriano

Imprensa italiana volta a falar em rescisão de Adriano

O jornal italiano "La Repubblica" afirma, em sua edição deste domingo, que Adriano estaria convencido de que seria melhor deixar a Roma imediatamente e que a rescisão de seu contrato com o clube seria questão de horas.

Segundo o periódico, o dirigente Gian Paolo Montali e o agente de Adriano na Itália, Roberto Calenda, estariam conversando sobre os valores da rescisão, já que ainda falta dois anos e quatro meses para o término do contrato entre o atacante e a Roma, pelos quais Adriano teria direito a receber ainda R$ 32 milhões.

- Estamos trabalhando com o jogador para encontrar uma solução inteligente e elegante. Temos que lembrar que ele fraturou o ombro jogando e permaneceu em campo, apesar da lesão, durante todo o primeiro tempo - declarou Montali ao jornal "Corriere dello Sport".

A Roma publicou em seu site neste domingo que o Imperador não participou das atividades do time porque permaneceu em casa, em repouco, devido a uma gripe. O jogador está em tratamento de uma cirurgia no ombor, realizada há um mês e meio.

O destino de Adriano seria o Corinthians ou o Flamengo, clube pelo qual Adriano foi campeão e artilheiro do Brasileirão em 2009.

Imprensa italiana volta a falar em rescisão de Adriano

Enviado por: Patricia Bernardo

Veja Mais:

  • Alan Santos tem conversas avançadas com Corinthians

    Corinthians negocia contratação de volante do Coritiba, diz portal

    ver detalhes
  • Giovanni Augusto treinou como lateral nesta terça-feira

    Giovanni na lateral, mudança na zaga e susto de Rildo: o treino desta terça do Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians encara o Cruzeiro neste domingo, no Mineirão

    Resultado no Mineirão vale mais que os três pontos para Corinthians e Cruzeiro; entenda

    ver detalhes
  • Walter prestará homenagem a Danilo em suas luvas

    Walter usará luva personalizada em tributo a ex-goleiro da Chapecoense Danilo

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes