Jorge Henrique admite propostas, mas diz querer ficar no Timão

Jorge Henrique admite propostas, mas diz querer ficar no Timão

Por Meu Timão

O contrato do atacante Jorge Henrique com o Corinthians acaba apenas no fim da temporada, mas ele já recebe propostas de clubes brasileiros para deixar o Parque São Jorge. Ainda sem ter sido procurado para acertar sua renovação, o jogador diz que não se preocupa com o assunto e que seu desejo é permanecer no Timão.

"O meu contrato está acabando e tive propostas de outros times do Brasil, fora de São Paulo, mas meu pensamento é de continuar aqui no Corinthians", afirmou, sem dar importância ao fato de as conversas com a diretoria para a renovação de seu vínculo ainda não terem começado.

"As propostas foram passadas para o meu empresário e falei para ele que primeiro ia conversar aqui. Independentemente de o Corinthians fazer proposta agora, ou não, quero ficar aqui", explicou Jorge Henrique, que é considerado pelo técnico Tite peça fundamental na equipe.

O atacante também é um dos jogadores preferidos da torcida alvinegra e atribui o fato a sua dedicação com a camisa do Corinthians. "O carinho que a torcida tem é pelo que faço dentro de campo. Me dedico bastante e tento vestir bem as cores do clube. Fico bastante satisfeito com o reconhecimento, até pelo trabalho que realizo no campo".



Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Mais:

  • Jadson deve ser opção a partir da próxima quarta-feira, dia 1

    Jadson confirma que se colocou à disposição para enfrentar o Palmeiras e crava jogo da reestreia

    ver detalhes
  • Fellipe Bastos, à direita, deve retornar ao time; Léo Jabá é dúvida

    Corinthians terá ao menos uma mudança na escalação para encarar Palmeiras

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade seguem aliados na política do Corinthians

    Fortalecido após veto do impeachment, Andrés Sanchez cogita voltar à presidência do Corinthians

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade assumiu presidência do Corinthians em fev/2015 e segue até fev/2018

    Conselheiros barram votação do impeachment, e Roberto de Andrade segue presidente do Timão

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes