IR e bancos inflam dívida total do Corinthians

IR e bancos inflam dívida total do Corinthians

Por Meu Timão

O Imposto de Renda e os empréstimos bancários foram os principais fatores para elevar em um terço a dívida corintiana no ano passado. O valor do passivo atingiu quase R$ 195 milhões.

No entanto, a diretoria do clube não se mostra preocupada com isso, já que a receita também cresceu. E afirma ter feito investimentos.

Para fechar a sua conta em 2010, o Corinthians aumentou em 75% seu endividamento com bancos. O número saltou a R$ 47,7 milhões.

São débitos em que o clube paga juros entre 1,42% a 1,9% por mês. Em 2010, gastou R$ 13 milhões com taxas.

"O clube é dinâmico. Às vezes, você tem que pagar cem e precisa de recursos. Tomamos a melhor decisão sob o ponto de vista do fluxo de caixa", declarou o diretor de finanças do Corinthians, Raul Corrêa da Silva.

O dirigente lembrou que o dinheiro foi utilizado em investimentos: compra de direitos sobre jogadores e melhorias no Centro de Treinamento. Foram R$ 45 milhões gastos nesses itens.

Além dos bancos, houve um salto na dívida do clube com o governo federal.

O débito referente ao Imposto de Renda do Corinthians teve um aumento de 144% em 2010. Atingiu um total de R$ 25,5 milhões.

O valor de INSS que o clube terá que recolher também quase foi triplicado no ano passado. Agora, representa um total de R$ 8,3 milhões.

Nenhum desses valores está incluído na Timemania, que parcela outros R$ 55 milhões em dívidas fiscais.

Corrêa da Silva deu explicação genérica sobre o aumento da dívida com o governo. "O clube está tocando sua vida", disse. O Corinthians pagou R$ 7,4 milhões em tributos no ano passado.

Essas despesas bancárias e tributárias elevaram o passivo a quase R$ 200 milhões --a reportagem desconsiderou "Receitas a realizar" (dinheiro a ser recebido) e "Direitos de imagens" (salários de atletas que serão pagos).

O Corinthians só considera sua dívida líquida (débito total, menos créditos a ser recebidos): R$ 122 milhões. "Caiu o peso do dívida em relação à receita", analisou o cartola.

De fato, sua renda atingiu R$ 212 milhões em 2010.

Fonte: Folha

Veja Mais:

  • Fiel apoiou Timão no treino pré-Dérbi em Itaquera

    Fiel provoca rival na Arena: 'Você não vive sem a Série B'; assista

    ver detalhes
  • Bandeiras de mastro na Arena Corinthians

    'O melhor treino para o maior clássico do mundo', por Bruno Teixeira Rolo

    ver detalhes
  • Kazim terá nova oportunidade como titular diante do Palmeiras

    Em treino aberto na Arena, Carille define novo Corinthians para clássico

    ver detalhes
  • Carille terá onze suplentes à disposição no clássico

    Jadson fica fora do Dérbi; veja lista de relacionados do Corinthians

    ver detalhes

Corinthians esta comprando direitos federativos dos atletas, um investimento que pode dar bom lucro!

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes