Timão estaria mesmo na briga para contratar o jovem goleiro revelação do Avaí

Timão estaria mesmo na briga para contratar o jovem goleiro revelação do Avaí

Por Meu Timão

Florianópolis, SC, 13 (AFI) – O ônus da histórica classificação para as semifinais da Copa do Brasil para o Avaí será o assédio do goleiro Renan. Depois do São Paulo, o Corinthians também demonstra interesse na contratação da jovem promessa de 20 anos.


Para conseguir tirar o camisa 1 do Leão, o Timão terá de se esforçar. Isso porque o próprio gerente de futebol do clube catarinense, o ex-zagueiro Mauro Galvão, revelou que vários clubes já demonstraram interesse no arqueiro.

O contrato de Renan com o Avaí termina em 2012 e a multa rescisória gira em torno de R$ 5,5 milhões. Com um salário atual de aproximadamente R$ 4 mil mensais, o jogador já afirmou que deseja uma aumento salárial de R$ 30 mil para renovar seu contrato.

“Agora, estou focado no Avaí. Mas não vou negar que, assim como todo jogador, eu sonho em atuar em um grande centro do futebol”, destacou o goleiro, em entrevista ao programa Arena Sportv.

Renan foi revelado nas categorias de base do Avaí. No meio do ano passado, o jogador foi convocado por Mano Menezes para o amistoso contra os Estados Unidos. Ele, contudo, não chegou a entrar em campo na vitória, por 2 a 0.

Fonte: Blog do Kildare

Veja Mais:

  • Líder desde a quinta rodada, Timão tem oito pontos a mais que o vice Grêmio

    Rival direto tropeça e 'gordura' do líder Corinthians volta a crescer

    ver detalhes
  • Gaviões da Fiel está autorizada a frequentar estádios

    Reunião determina retorno das organizadas do Corinthians aos estádios

    ver detalhes
  • Danilo deve retornar aos gramados após longa recuperação

    Corinthians faz nova substituição em lista de inscritos da Copa Sul-Americana

    ver detalhes
  • Marquinhos Gabriel (colete) é opção para jogo de quarta-feira; Pedrinho deve iniciar no banco

    De 'chave virada', Corinthians inicia preparação para duelo decisivo com Patriotas

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes