Por estádio, Corinthians terá que plantar árvores retiradas

Por estádio, Corinthians terá que plantar árvores retiradas

O Corinthians terá de cumprir uma meta de meio ambiente para iniciar a obra do estádio no bairro de Itaquera. De acordo com o documento publicado pela Secretaria do Verde e do Meio Ambiente no Diário Oficial de São Paulo, nesta quarta-feira, clube e Odebrecht deverão derrubar 492 árvores para limpar completamente o terreno que receberá, segundo o presidente Andrés Sanchez, as primeiras máquinas da construtora na próxima semana.
Terão de ser cortados 52 eucaliptos, 213 árvores exóticas e 86 árvores nativas vivas, além da remoção de 141 árvores mortas e o transporte de 13 árvores para dentro do terreno. O processo nº 143/2011 - Processo nº 2011-0.052.255-3.
Além disso, em contrapartida pela queda das árvores, Corinthians e empresa terão de plantar mais de 3 mil mudas para recompensar o devastamento provisório da área. A saber: 280 mudas no imóvel, 172 mudas na calçada e 1646 mudas no estacionamento - todas de espécies nativas do Estado de São Paulo.
Terá também de converter 2.882 mudas com devidos protetores metálicos para as obras e serviços necessários para a implantação da sede administrativa do Parque do Carmo, instalado nas proximidades.

Por estádio, Corinthians terá que plantar árvores retiradas

Fonte: Lancepress!

Enviado por: Matheus

Veja Mais:

  • As voltas do mundo em 40 anos

    [Wladimir] As voltas do mundo em 40 anos

    ver detalhes
  • Corinthians e Ponte empataram em 1 a 1 em duelo válido pela fase de grupos do Paulistão

    'Desacreditados', Corinthians e Ponte Preta abrem neste domingo final do Campeonato Paulista

    ver detalhes
  • Universidade Brasil firmou acordo com Corinthians para primeiro jogo da final estadual

    Corinthians anuncia patrocínio pontual para final do Paulistão; veja como fica a camiseta

    ver detalhes
  • Alan Mineiro não volta ao Corinthians em 2017

    Corinthians empresta Alan Mineiro para quarto clube diferente em menos de um ano

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes