Irritado, médico do Corinthians ameaça processar repórter

Irritado, médico do Corinthians ameaça processar repórter

O médico do Corinthians, Joaquim Grava, não gostou das perguntas feitas pelo jornalista Caio Carrieri, que o entrevistou para o site LanceNet. Na conversa, publicada na manhã de quinta-feira (9), o cirurgião ficou irritado por ter sido procurado para comentar o fato de o atacante Adriano ter sido flagrado dançando em baladas. O Imperador foi recentemente operado para reconstrução do tendão-de-aquiles. Grava foi o responsável pela cirurgia. As informações são do portal Comunique-se.

Irritado com a pergunta, Grava disse ao repórter que deveria perguntar a Andrés Sanchez, presidente do clube, sobre o estado da recuperação de Adriano. O jornalista respondeu que o dirigente não foi contatado por não ser médico, e a resposta deixou Grava ainda mais nervoso. "Você acha que eu sou palhaço? Você está me desrespeitando. Exijo respeito, tenho 35 anos no futebol e sou um médico conceituado", reclamou.

Grava ainda teria questionado o motivo da imprensa não conversar com o médico do São Paulo, Rene Abdalla (que operou Luís Fabiano).

Processo

Mesmo com Carrieri afirmando que não estava faltando com respeito, Grava não se acalmou e chegou a ameaçar o profissional do Lance. "Quero ver você publicar alguma coisa do que te falei. Se publicar, eu te processo", encerrou o médico.

Apesar da entrevista ter sido publicada, Carrieri afirmou que não foi mais procurado pelo cirurgião corintiano. "Ele não fica direto no clube, fica mais na clínica dele. Hoje fui para o treino (do Corinthians) e não o vi. Mas não teve nenhuma ligação dele no meu celular e até onde sei, ele também não procurou a redação do Lance", disse Carrieri.

Segundo a reportagem do Comunique-se, Joaquim Grava não foi localizado para falar sobre o assunto.

Irritado, médico do Corinthians ameaça processar repórter

Enviado por: Matheus Rodrigues

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Maycon conta com o aval de Oswaldo de Oliveira para retorno

    Retorno de Maycon minimiza necessidade por contratação de volante no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes