Corinthians se beneficia com doping de César Cielo e cia

Corinthians se beneficia com doping de César Cielo e cia

Os dopings por furosemida de César Cielo, Vinícius Waked, Henrique Barbosa e Nicholas Santos no Troféu Maria Lenk beneficiaram o Corinthians. Com a anulação dos resultados obtidos pelos atletas que testaram positivo fizeram o clube paulista conquistar o título da competição masculina e subir do quarto para o terceiro lugar na classificação geral.

"Foi ótimo porque esse resultado é um prêmio ao trabalho que estamos fazendo no clube. Estamos perseguindo esse terceiro lugar geral faz tempo. Infelizmente aconteceu dessa forma, mas é o regulamento", afirmou Danilo Mello, assessor de esportes aquáticos do Corinthians.

No masculino, o Corinthians tinha ficado em segundo lugar, atrás do Minas Tênis Clube e os pontos perdidos com a eliminação de Vinícius Waked fizeram com que o clube paulista ficasse com o título.

No geral, mesmo tendo perdido os pontos de Waked, o Minas levou o título. Mas o Corinthians ganhou o terceiro lugar do Flamengo, que despencou na classificação pelos pontos perdidos pela anulação dos resultados do trio César Cielo, Henrique Barbosa e Nicholas Santos.

Corinthians se beneficia com doping de César Cielo e cia

Fonte: Espn

Enviado por: Matheus Rodrigues

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Maycon conta com o aval de Oswaldo de Oliveira para retorno

    Retorno de Maycon minimiza necessidade por contratação de volante no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes