Castán vira o nome da zaga do Corinthians

Castán vira o nome da zaga do Corinthians

Por Meu Timão

Leandro Castán forma a espinhal dorsal do Corinthians nessa temporada. De fora de apenas duas partidas, das 38 que o Timão disputou, o zagueiro de 24 anos consolidou-se no time titular, ganhou confiança, se tornou insubstituível nos jogos e agora sonha com sua foto no pôster de campeão em dezembro. Entende que o grupo conquistou a maturidade necessária para superar todas as adversidades até o fim da competição nacional.

A primeira parte da gratificação pessoal de Castán, em sua visão, já foi atingida. “Estou muito feliz por ter conseguido me consolidar no Corinthians, algo que sempre almejei. Fico muito feliz de ter feito parte da maioria dos jogos do time na temporada. Consegui dar continuidade e espero seguir com isso até o fim do Brasileiro e, quem sabe, com o título”, disse o camisa 4, que ficou fora dos titulares somente nas partidas contra o Santo André e São Bernardo, ainda no Campeonato Paulista. Todas as vezes que iniciou como titular, Castán não foi substituído. No elenco atual, o volante Ralf é o único que tem marca melhor. O camisa 5 ficou de fora apenas de uma partida na temporada.

As adversidades que o elenco enfrentou nessa temporada, como a eliminação da Libertadores para o Tolima-COL e a perda do título do Paulistão para o Santos, deixaram o grupo alvinegro ainda mais engasgado para mostrar sua capacidade no Nacional.

“Nosso grupo está mais do que preparado para conquistar o título. Já passamos por muita coisa complicada. Nossa equipe tem jogadores experientes, que sabem contornar momentos complicados. Falta muita coisa pela frente, sabemos disso, mas temos total confiança no título. Temos que trabalhar jogo a jogo. E isso está sendo feito. Por isso, está dando resultado”, explicou.

A possibilidade de vencer o Brasileiro vem mexendo com a cabeça de Castán. Mas ele tenta relaxar nos momentos fora do CT Joaquim Grava para amenizar a pressão pela conquista do Nacional. “No dia a dia, vivemos o tempo todo o Campeonato Brasileiro. Não penso em outra coisa. Tento dar uma desligada em casa com a família mas, mesmo assim, é bem complicado. Temos que manter esse foco para conquistarmos o título”, comentou o jovem de 24 anos, que formará dupla de zaga com Chicão no duelo de amanhã, às 16h, contra o Atlético-PR, na Arena da Baixada.

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Patch que será usado pelos jogadores no Dérbi de quarta-feira

    Rivalidade à parte: Corinthians e Palmeiras se unem e usarão logo no clássico

    ver detalhes
  • Na última vez em que esteve na Arena, Timão derrotou o Grêmio Novorizontino

    Corinthians muda planos e marca treino para a Arena antes do Dérbi

    ver detalhes
  • Jadson contra o Água Santa no CT do Corinthians

    Jadson melhora, Carille vê chance de reestreia antecipada, mas não diante do Palmeiras

    ver detalhes
  • Guilherme pode perder clássico em Itaquera

    Opção no sábado, Guilherme vira preocupação para Dérbi; goleiro retorna

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes