Ex-auxiliar do Corinthians é o novo técnico da seleção da Argentina

Ex-auxiliar do Corinthians é o novo técnico da seleção da Argentina

Alejandro Sabella chega ao comando da seleção argentina com uma breve, mas sólida carreira como técnico, que chegou ao seu ápice com o Estudiantes de La Plata, campeão da Copa Libertadores da América de 2009 e do Torneio Apertura do país, um ano depois.
Sabella, 56 anos, é um homem simples, educado e que mede suas palavras. O novo técnico da seleção argentina foi um excelente meia quando jogador, que surgiu nas categorias de base do River Plate na década de 1970. Vários anos no banco de reservas fizeram com que ele fosse para o Sheffield United, em 1978, no qual atuou por dois anos até ser contratado pelo Leeds United.
O Estudiantes de La Plata repatriou Sabella em 1981 para formar uma das maiores equipes do desse clube, no qual, dirigido por Carlos Bilardo, ganhou dois títulos.
Após uma breve participação na seleção argentina, Sabella jogou entre 1985 e 1986 no Grêmio. Em 1987, retornou ao Estudiantes, passou depois pelo Ferro Carril Oeste, da Argentina, e, em 1989, pendurou as chuteiras no Irapuato, do México.
Como treinador, imediatamente vinculou sua carreira ao seu melhor amigo, Daniel Passarella, de quem foi assistente nas seleções da Argentina (1994-1998) e Uruguai (1999-2001), no Parma, da Itália, no Monterrey, do México, no Corinthians e no River Plate.
"Minha amizade com Daniel me impedia de virar técnico efetivamente", confessou uma vez o treinador. Somente quando Passarella se dedicou à atividade política, Sabella se lançou sozinho à aventura de técnico. Daí, ele assumiu o Estudiantes em março de 2009 e poucos meses depois levou a equipe da cidade de La Plata ao título da Libertadores.
Após a saída de Diego Maradona do comando da seleção argentina, o nome de Sabella foi sugerido para substituí-lo, mas a Associação do Futebol local (AFA) acabou optando por Sergio Batista.
No final do ano passado, Sabella conquistou seu segundo título como treinador ao se sagrar campeão do Torneio Apertura argentino com o Estudiantes. Em fevereiro deste ano, dez dias antes do começo do Clausura, ele pediu demissão, sem dar motivos.
Alejandro Sabella tinha previsto viajar na semana passada para os Emirados Árabes para assumir o Al-Jazira, mas um telefonema da AFA fez com que ele ficasse na Argentina. Tinha chegado a hora de assumir o comando da seleção argentina.

Ex-auxiliar do Corinthians, novo técnico da Argentina tem carreira curta

Fonte: Terra

Enviado por: Matheus Rodrigues

Veja Mais:

  • Romão foi um dos destaques do Corinthians na última edição da Copinha

    Otimista por permanência de Arana, Corinthians empresta lateral a clube da Série B

    ver detalhes
  • Equipe de Fábio Carille chegou a 15 jogos de invencibilidade

    Corinthians chega a 15 jogos de invencibilidade; ultimo revés foi ainda na primeira fase do Paulista

    ver detalhes
  • Edmundo elogiou Corinthians de Carille, mas fez ponderação ao citar Neymar

    Comentarista rasga elogios a Carille, mas brinca sobre contratação de Neymar pelo Corinthians

    ver detalhes
  • Após bela troca de passes de Marquinhos e Jadson, Jô bateu rasteiro e decretou vitória alvinegra em Salvador

    Jô decide e Corinthians vence a primeira no Brasileirão

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes