Sheik diz: 'Estou feliz no meu Corinthians e certo de que só vou crescer'

Sheik diz: 'Estou feliz no meu Corinthians e certo de que só vou crescer'

Por Meu Timão

Emerson  Sheik está se sentindo em casa no Corinthians

Emerson Sheik está se sentindo em casa no Corinthians

Uma vida literalmente de Sheik, com todas as regalias possíveis e direito à companhia de Cuta, sua macaca prego de estimação. Aos poucos, Emerson conquista, embalado por suas últimas e elogiadas apresentações com a camisa corintiana, o que realmente lhe falta na sua nova vida em São Paulo: novos súditos na Fiel torcida. O camisa 11 alvinegro abriu as portas de sua casa ao MARCA BRASIL e também seu coração e falou sobre seu atual momento no carreira.

“Sinta-se em casa, como me senti no Corinthians”, brincou Emerson, quando abriu a porta de sua luxuosa residência em Alphaville, em São Paulo, para a reportagem. “Estou há dois meses em São Paulo e muito acostumado já com tudo. Estou vivendo uma vida normal, muito feliz com meu momento no Corinthians”, enfatizou.

O atacante, que vive com seu irmão Dino, é um solteiro de muita sorte, segundo ele. “No momento, estou sozinho, mas também muito feliz. Vivo com meu irmão e tento esquecer minha solidão em conversas com meus amigos e com a minha macaquinha, a minha preta. Todo mundo sabe que não sou muito de curtir baladas. Saio só de vez em quando para jantar. Agora, vamos ver se aparece alguma sortuda para completar a minha boa fase (risos)”, brincou o atacante, titular na partida deste domingo do Corinthians, contra o Coritiba, no Couto Pereira, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Adaptado a São Paulo, mas com saudadee do Rio de Janeiro, pelo estilo despojado e praias da cidade, o atacante de 32 anos extrai das músicas eletrônicas, que ouve boa parte do tempo em sua casa, inspiração para apresentar seu melhor para o Corinthians. E, de acordo com ele, tem agora conseguido mostrar o futebol que o fez ser contratado.

“No início foi difícil no Corinthians, porque sabia que podia render de uma maneira melhor, mas as coisas não aconteciam como eu queria. Acabava os jogos e saia decepcionado comigo pelo meu rendimento. Via as cobranças que estávamos recebendo e não conseguia ajudar. O futebol que me fez chegar aqui não estava encaixando. Agora, aconteceu. Contra o Atlético-MG (vitória, de virada, por 3 a 2, com um gol do atacante), que joguei no lugar em que gosto de atuar, foi o início. Venho crescendo muito e tenho ganhado a confiança do torcedor, que é muito importante para mim”, enfatizou.

Por fim, o atacante, olhando para sua macaca Cuta — que estava dormindo — brincou com o MARCA BRASIL.

“Estou começando a ficar com a macaca (risos). Estou mais à vontade e tenho certeza absoluta que só vou crescer no Corinthians.”

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Marlone foi o destaque do treino desta quinta-feira

    Marlone marca, Caíque ganha chance e Oswaldo volta a ensaiar escalação do Corinthians

    ver detalhes
  • Rodriguinho admitiu possível saída do Corinthians

    Rodriguinho cogita saída do Corinthians: 'Vamos sentar e conversar'

    ver detalhes
  • Léo Jabá, marcado por Balbuena a imagem acima, está à disposição de Oswaldo

    Léo Jabá tranquiliza Corinthians após susto e está à disposição para jogo contra Cruzeiro

    ver detalhes
  • Corinthians tem missão complicada por vaga na Libertadores

    Resultado da Copa do Brasil complica ainda mais situação do Corinthians rumo à Libertadores

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes