Sanchez manda jogadores 'se tocarem' em bronca pública no Corinthians

Sanchez manda jogadores 'se tocarem' em bronca pública no Corinthians

Por Meu Timão

Sanchez culpa os jogadores pelas atuações ruins do Corinthians

Sanchez culpa os jogadores pelas atuações ruins do Corinthians

O presidente Andrés Sanchez está mais irritado do que o normal. Apesar de eximir o técnico Tite de culpa pela instabilidade do Corinthians no Campeonato Brasileiro, o mandatário não poupa o seu elenco de críticas. Os jogadores foram cobrados publicamente em entrevista coletiva concedida nesta segunda-feira.

"É preocupante. Estamos entregando o campeonato mais uma vez. Já entregamos no ano passado. Se os jogadores não se tocarem, ficará difícil", esbravejou Sanchez, comparando as recentes derrotas do Corinthians (a última foi para o Coritiba, por 1 a 0, domingo) ao período de turbulência que culminou com a demissão de Adilson Batista em 2010.

Sanchez não tem o hábito de recriminar o comportamento dos atletas. Ao longo de sua gestão, ele sempre se apresentou como um presidente que não se importa com a vida particular dos empregados e até gosta de sair à noite com um e outro. No mau momento, ele também minimizou os atos de indisciplina.

"Só três jogadores nossos [Jorge Henrique, Emerson e Alex] chegaram atrasados aos treinos até agora. Não me lembro quando foi. Eles foram multados por isso. E quem nunca chegou atrasado ao trabalho?", defendeu Sanchez, focando suas reclamações à produção dos atletas em campo. "É lógico que eles estão comprometidos. São os mesmos jogadores do início do campeonato, quando vínhamos bem. O que precisamos é ter um pouco mais de foco, de cuidado, evitando gols bobos."

O dirigente não deu importância para a reunião que teve recentemente para exigir mais resultados do elenco do Corinthians. Mas voltou a ser crítico ao evitar dar explicações para os tropeços no Campeonato Brasileiro. "Perguntem para os jogadores!", disse. "Eles é quem devem recuperar o foco!", complementou.

"O campeonato tem vários times que podem ficar com o título no final do ano: Flamengo, Botafogo, Vasco, São Paulo, Palmeiras... Fizemos rodadas fora da realidade no começo, mas deveríamos ficar mais atentos agora. Hoje, a nossa liderança já está por um triz", advertiu novamente Andrés Sanchez.

Após a bronca pública, o mandatário se retirou da sala de imprensa do CT Joaquim Grava, satisfeito por não ter perdido tanto tempo para falar o que pretendia. "Acabou? Obrigado? Que beleza, hein?", comentou Sanchez, com um raro sorriso no rosto.

Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Mais:

  • Felipe, Malcom e Gil foram vendidos pelo Corinthians em 2016

    Venda de atletas e luvas da TV fazem Corinthians ter maior arrecadação da história em 2016

    ver detalhes
  • Danilo treinou com bola no campo; meia é preparado para o Brasileirão

    Danilo trabalha com bola e fica perto da volta; veja o que rolou no dia do Corinthians

    ver detalhes
  • Pablo, em ação contra o Botafogo-SP na Arena

    Pablo pede lisura em julgamento de Fagner: 'Outros merecem também'

    ver detalhes
  • Multicampeão pelo Corinthians, Elias hoje defende o Atlético-MG

    Elias revela real motivo de saída do Corinthians e diz torcer pelo clube na decisão do Paulista

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes