Andrés banca Tite até o fim do ano e ameaça renovar com o técnico

Andrés banca Tite até o fim do ano e ameaça renovar com o técnico

Por Meu Timão

Andrés garantiu emprego de Tite até o fim do ano

Andrés garantiu emprego de Tite até o fim do ano

Foto: Marcelo Ferrelli/Gazeta Press

A opinião do presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, é diferente da torcida quando o assunto é o técnico Tite. Durante a derrota por 3 a 1 para o Santos, no domingo (19), o Pacaembu, em coro, pediu a saída do treinador. As organizadas puxaram o grito. Nesta segunda-feira (19), porém, o cartola corintiano garantiu a permanência de Tite até o fim do ano. A declaração foi dada durante a Soccerex. 

- Já falei que o Tite é o técnico do Corinthians. Tem contrato até o fim do ano e não vou demitir. Acho que ele vem fazendo um bom trabalho, com mais acertos do que erros, e não justificativa para tomar uma decisão dessas.

Além de garantir o emprego do treinador até dezembro, Andrés ainda "ameaçou" renovar o contrato de Tite por mais um ano caso se irrite com as cobranças.

- Se me encherem muito eu renovo por mais um ano.

O clássico contra o São Paulo, na quarta-feira (21), pode ser decisivo para manter o Corinthians na briga pelo título do Brasileiro. Mas, segundo Andrés, nem uma derrota para o arquirrival, no Morumbi, será motivo para rescindir o contrato de Tite. Ele preferiu jogar para os jogadores a responsabilidade pela má fase da equipe.

- Não é o treinador que faz o time ganhar ou perder. A queda de rendimento é natural, os times oscilam no campeonato e as dez primeiras rodadas não eram a realidade.

Além de falar da situação do time, o cartola também explicou por que não foi visto no vestiário do Timão após a derrota para o Santos.

- Não fui porque estava nervoso com a derrota e não quis passar o nervosismo para o time.

 Ciente de que um grupo de torcedores tentou invadir o local onde estava o ônibus do Corinthians pouco antes da saída dos jogadores, Andrés disse que aprova a pressão da torcida. Só pediu que não haja violência.

- O torcedor pode protestar e tem que protestar mesmo. O que não pode é ter violência.

Fonte: R7

Veja Mais:

  • Jô marcou o gol legal ainda no primeiro tempo do Majestoso na Arena

    Após polêmica, Lucas Pratto admite toque na bola em gol do Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians tem interesse na contratação do lateral Dodô

    Corinthians se interessa por lateral, mas dívida dificulta negócio com Coritiba

    ver detalhes
  • Setor Norte da Arena Corinthians segue interditado para o início do Brasileirão

    Setor Norte da Arena segue interditado para Brasileiro; Corinthians pode ter dois clássicos 'vazios'

    ver detalhes
  • Mais um herói na arquibancada de cima

    [Walter Falceta] Mais um herói na arquibancada de cima

    ver detalhes

Tite deveria ser mandado embora ou a culpa não é só dele?

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes