Danilo reencontra o seu bom futebol na hora H

Danilo reencontra o seu bom futebol na hora H

Por Meu Timão

Danilo foi o melhor em campo no empate contra o Vasco

Danilo foi o melhor em campo no empate contra o Vasco

Jeitão de caipira, tímido e pouco midiático, mas é só a bola rolar para Danilo transformar seu lado introspectivo em uma personalidade forte dentro de campo e, sobretudo, determinante para o Corinthians neste Brasileirão. Melhor em campo no empate por 2 a 2, contra o Vasco, Danilo é ciente que suas características não são as mais adoradas pela Fiel – fato, no entanto, que não o preocupa e até o motiva para mostrar mais vontade durante as partidas e, assim, o Timão conseguir as vitórias e o título nacional.

“Meu estilo sempre foi esse. Posso não mostrar tanta disposição para o torcedor, de dar carrinho, de mostrar muita vontade, mas acabo retribuindo isso de outras maneiras. É por isso que acabo me tornando um jogador de confiança para vários treinadores. Tenho que seguir trabalhando”, disse o camisa 20 ao MARCA BRASIL.

Danilo parece ter encontrado o seu bom futebol, que ajudou o Corinthians na arrancada até a liderança nas dez primeiras rodadas deste Brasileirão. “Nos primeiros jogos, eu acho que tinha conseguido atingir meu máximo”, salientou o meia, feliz com seu bom futebol apresentado contra o Vasco, com um gol marcado e uma assistência para o gol de Alex. “Isso é bom. Ainda mais nessa reta final de campeonato. Cada jogo para a gente vai ser uma final. Pude não só ajudar com o gol, como com um passe. Estou no rumo certo para ajudar o time nessa fase difícil que passaremos.”

A atuação destacada em São Januário teve uma explicação para Danilo. “Joguei mais à vontade.” Atuar mais próximo aos atacantes é a função que mais lhe agrada em campo. “Senti uma melhora por gostar de jogar nessa função. Apareço mais como um homem surpresa nas costas dos volantes e com um poder de finalização. É o meu ponto forte. E faço também o papel tático”, analisou.

Por fim, Danilo, de 32 anos, mesmo de poucas palavras, é um jogador que usa sua experiência (campeão da Libertadores, Mundial e Brasileiro) no futebol para ajudar os companheiros de grupo. “São poucas as coisas que é preciso ajustar mas, por ter mais tempo no futebol, ajudo os mais novos”, concluiu.

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Universidade Brasil firmou acordo com Corinthians para primeiro jogo da final estadual

    Corinthians anuncia patrocínio pontual para final do Paulistão; veja como fica a camiseta

    ver detalhes
  • Alan Mineiro não volta ao Corinthians em 2017

    Corinthians empresta Alan Mineiro para quarto clube diferente em menos de um ano

    ver detalhes
  • Corinthians encerrou preparação contra a Ponte Preta

    Clima bom, susto de Pablo e escalação do Corinthians: o último treino antes da Ponte Preta

    ver detalhes
  • Casuals foi derrotado nos pênaltis neste sábado; próxima temporada só em agosto

    Nos pênaltis, Corinthian-Casuals perde final e adia sonho de subir de divisão

    ver detalhes

Danilo deve continuar como titular?

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes