Corinthians contará com 'Marcelinho Mão de Anjo? no estádio do Corinthians

Corinthians contará com 'Marcelinho Mão de Anjo? no estádio do Corinthians

Por Meu Timão

Marcelo

Marcelo

Foto: Renato Cordeiro

Marcelinho Carioca fez 423 partidas pelo Corinthians, marcou 206 gols e conquistou dez títulos. Nos primeiros 100 anos do clube, o ex-meia foi o Marcelo mais importante da história alvinegra.

Agora, porém, o Pé de Anjo ganhou concorrência. Aos 43 anos, o ex-comerciante Marcelo Fonseca é um dos alunos que iniciou na segunda-feira o curso de capacitação profissional do Programa Acreditar, desenvolvido pela Odebrecht para qualificação de mão de obra.

? Não sou o Pé de Anjo, mas posso ser o Mão de Anjo (risos). Vejo como uma possibilidade de fazer parte da história também. O estádio será uma novidade do nosso país para a Copa do Mundo. Mas, depois, tudo vai passar e o estádio ficará. A história vai ficar para sempre ? disse.

Divididos em duas salas de aula na Obra Social Dom Bosco, em Itaquera, 36 alunos iniciaram os cursos de ajudante de produção para a construção civil (20 deles, com formatura já na sexta-feira) e carpintaria (os 16 restantes, com término em 13 de dezembro, já que há aulas práticas). As aulas são ministradas por professores do Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem da Indústria).

Segundo a Odebrecht, o programa é usado em áreas em que há demanda por mão de obra qualificada. Além do Fielzão, a Arena Pernambuco também receberá profissionais oriundos dos cursos no Nordeste.

Até dezembro de 2013 ? previsão de conclusão da obra ?, 300 alunos serão formados nos mesmos cursos e também como pedreiros e armadores. E 40% deles será contratada para trabalhar no Fielzão.

Durante o período do curso em Itaquera, a Prefeitura de São Paulo dará um benefício de R$ 381,50 aos futuros profissionais capacitados.

Bate-Bola com Marcelo Fonseca
Estudante do curso de carpintaria do Programa Acreditar, da Odebrecht

LANCENET!: Como vê essa oportunidade?
M: Vejo como uma possibilidade de me efetivar na empresa, que está oferecendo o curso, e como uma chance de trabalhar no estádio. Quero me profissionalizar também nessa área de carpintaria.

LANCENET!: Já atuou nessa área antes?
M: Sempre trabalhei no comércio, para mim é uma novidade, uma  oportunidade que se abriu, porque no comércio já estava desistindo. Estou vendo que há possibilidade de ir para frente nesse propósito.

LANCENET!: Você é corintiano?
M: (Risos) Sou, sim. Meu filho também é. Não estou aqui só por isso, mas é claro que faz parte também.

LANCENET!: Será um orgulho ajudar na realização da Copa no Brasil?
M: Sem dúvida, a participação não será só minha, mas de todos os paulistas. Na verdade, de todo o Brasil. São várias capitais com novos estádios. A Copa será um sucesso, mas há muito trabalho a fazer ainda.



 

Fonte: Lancenet

Veja Mais:

  • Wladimir será o mais novo colunista do Meu Timão

    Herói de 77 será colunista do Meu Timão

    ver detalhes
  • Dudu revelou que jogadores do Palmeiras tinham conhecimento de confusão feita pelo árbitro no clássico

    Atacante palmeirense diz por que não avisou árbitro de erro em expulsão de Gabriel

    ver detalhes
  • Jadson treinou nesta quinta-feira e não será problema para final no Moisés Lucarelli

    Jadson volta, e Carille ensaia escalação do Corinthians para primeira decisão do Paulista

    ver detalhes
  • Fiel esgotou bilhetes colocados à venda no Fiel Torcedor

    Em menos de uma hora, torcida do Corinthians esgota ingressos para decisão do Paulista

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes