Evolução de Sheik anima médico do Corinthians

Evolução de Sheik anima médico do Corinthians

Por Meu Timão

Emerson Sheik evolui bem de lesão

Emerson Sheik evolui bem de lesão

Foto: Miguel Schincariol

Desfalque há quatro partidas no Campeonato Brasileiro, Emerson evolui gradativamente e anima a comissão técnica do Corinthians sobre a participação contra o Internacional, domingo, no Beira-Rio.

O Sheik não joga desde o dia 25 de setembro, quando foi expulso durante a vitória sobre o Bahia. Na ocasião, ele deixava o campo com um problema muscular na coxa direita e acabou levando cartão vermelho após ironizar o árbitro.

Suspenso das duas partidas seguintes, aproveitou para fazer tratamento no local, mas não conseguiu se recuperar a tempo de enfrentar Botafogo e Cruzeiro.

Na tarde desta terça, enquanto a maioria do elenco teve folga à tarde, o camisa 11 foi ao CT para trabalhar a parte física e fortalecer a coxa.

? Ele se sentiu bem e está com uma situação clínica muito boa. Ainda não fez trabalho com bola, não foi exigido ao máximo, mas já está quase sem dor ? disse ao LANCENET! o médico Guilherme Runco.

A previsão é que Emerson volte a treinar com bola na quinta ou sexta.

Outro atacante que esteve no Parque Ecológico foi Willian, que exige cuidados devido às dores no adutor da coxa esquerda. Nesta quarta, quando o elenco treinará em dois períodos, ele deve ter a carga menor num deles ou até mesmo ser poupado. No entanto, não preocupa para domingo.

Já Liedson também deve seguir à disposição do técnico Tite.

Fonte: Lancenet

Veja Mais:

  • Camacho vai ficar com a família no Rio de Janeiro

    Após perder o pai, Camacho é liberado e está fora do clássico contra o Palmeiras

    ver detalhes
  • Jadson pode ser relacionado para o clássico contra o Palmeiras

    Jadson pede para enfrentar o Palmeiras; desempenho contra o Água Santa será decisivo

    ver detalhes
  • Camacho e o pai Anizio Camacho

    Acidente em casa tira vida de pai de Camacho; mãe e irmão do jogador são hospitalizados

    ver detalhes
  • Atlético-PR e Coritiba preferiram não realizar a partida e enfrentaram o modelo tradicional do futebol

    Unidos, rivais peitam a Globo e acabam barrados pela Federação Paranaense

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes