Timão 'torce' por queda de Galo e Raposa para levar Réver e Montillo

Timão 'torce' por queda de Galo e Raposa para levar Réver e Montillo

O Corinthians já sabe quais são seus alvos para reforçar o elenco depois do Campeonato Brasileiro. As últimas rodadas da competição nacional serão decisivas para o Timão abrir o cofre e sair às compras, casos do zagueiro Réver, do Atlético-MG, e do meia Montillo, do Cruzeiro. Os dirigentes paulistas acreditam que o rebaixamento dos mineiros para a Série B pode facilitar as negociações.
– O Montillo já declarou que não quer falar sobre isso (negociação), que agora a meta dele é tirar o Cruzeiro dessa situação. Se o clube cair é outra história. Fica muito difícil segurar jogadores assim – afirmou o gerente de futebol Edu Gaspar.

Destro, o argentino é visto pelo técnico Tite como um jogador de característica escassa no elenco corintiano. O treinador gostaria de contar com um meia que atuasse pelo lado direito do campo. Atualmente, os dois titulares da armação são os canhotos Alex e Danilo, que se revezam na parte oposta do gramado.O Corinthians aposta que o Cruzeiro terá dificuldades para segurar Montillo se for rebaixado. O clube mineiro já declarou que não tem interesse em negociá-lo, mas, na visão do Timão, sofreria certa pressão de seus parceiros nos direitos do atleta para mantê-lo em evidência – 20% são do banco BMG. Como os paulistas provavelmente disputarão a Taça Libertadores em 2012, o armador teria uma boa vitrine para continuar se destacando e, possivelmente, ser vendido para o mercado europeu.

A mesma estratégia será utilizada na tentativa de contratar o zagueiro Réver, do Galo. O jogador, convocado pelo técnico Mano Menezes para a Seleção Brasileira, agrada bastante a cúpula encabeçada pelo presidente Andrés Sanches. O dirigente confidenciou a amigos que pretende procurá-lo assim que o Brasileirão acabar, principalmente se o Atlético-MG não se mantiver na elite.
O clube de Belo Horizonte, aliás, não tem muito poder de decisão na permanência do jogador. Os direitos dele são divididos igualmente entre o BMG e o Wolfsburg-ALE. O banco é parceiro do Timão em vários jogadores, como Ralf, Paulinho e Leandro Castán, o que poderia facilitar a transação, também amparada em uma maior visibilidade do atleta disputando a principal competição da América do Sul.

O Corinthians garante que não pensa em vender nenhuma de suas peças depois do Brasileirão. Algumas propostas, porém, devem aparecer. Castán, que teve parte de seus direitos comprados pelo clube recentemente, além de Ralf e Paulinho já foram observados por clubes estrangeiros.

- Estamos chegando a um patamar que podemos repatriar alguns atletas de fora e segurar alguns aqui. A estrutura do clube nos proporciona isso. Eu sempre digo para os jogadores que não é bom sair no fim do ano, porque você vai chegar à Europa com a temporada em andamento. Isso é muito ruim – completou Edu Gaspar.

Fonte: globo esporte

Enviado por: andre ruiz

Veja Mais:

  • Roberto de Andrade assumiu presidência do Corinthians em fev/2015 e segue até fev/2018

    Conselheiros barram votação do impeachment, e Roberto de Andrade segue presidente do Timão

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade concedeu entrevista nesta segunda no Parque São Jorge

    Após se livrar de impeachment, Roberto de Andrade sugere tentativa de golpe no Corinthians

    ver detalhes
  • Rodriguinho deve ser uma das opções para o Corinthians no BR-17

    Corinthians tem Chape e clássicos logo no começo; veja a tabela completa do BR-17

    ver detalhes
  • Patch que será usado pelos jogadores no Dérbi de quarta-feira

    Rivalidade à parte: Corinthians e Palmeiras se unem e usarão logo no clássico

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes