Depois de superar-se, Fábio Santos pede por sacrifício corintiano

Depois de superar-se, Fábio Santos pede por sacrifício corintiano

Por Meu Timão

O lateral-esquerdo Fábio Santos teve duas lesões neste Campeonato Brasileiro. Primeiro, ele desfalcou o Corinthians após sofrer fratura no ombro esquerdo em agosto. Ele surpreendeu quando ao invés de 60 dias de molho, voltou antes do esperado: 40 dias depois de cirurgia, num clássico contra o São Paulo. A segunda lesão, sofrida no joelho esquerdo, contra o Botafogo, no último dia 12, o tiraria de combate por 20 dias, mas 10 dias depois ele já estava em campo, no jogo contra o Inter, em Porto Alegre, no último domingo.

Para o lateral-esquerdo, por mais que seu exemplo seja valorizado, nesta reta final é importante que todos que se dediquem além de suas forças para ajudar o Corinthians a sagrar-se campeão brasileiro. “Não só eu, mas todos têm de se superar. Antecipei minha volta por um momento de necessidade, com o aval dos médicos. Mas não sou só eu que me sacrifico, todos tem esse espírito e precisa ser assim para que a equipe tenha todos à disposição nesses últimos jogos”, disse o lateral-esquerdo, lembrando dos sete jogos finais. Com 55 pontos, a equipe paulista tem dois a menos que o Vasco. "O cansaço bate, é fim de temporada, todos se desgastam, mas é hora de dar o último gás".

Ao lado do jogador, além da boa disposição, está uma coincidência que o faz acreditar que possa ajudar um pouco mais o Corinthians a sair campeão. Entre os titulares, Fábio Santos é o que menos perdeu neste Brasileiro. Foram apenas duas derrotas nos jogos em que o lateral atuou: contra o Avaí, no primeiro turno, e contra o Botafogo, há duas semanas. O Corinthians perdeu oito vezes ao todo. Domingo, o Corinthians reencontra um dos times que bateram Fábio Santos: o Avaí.

“Aquele jogo estava bem controlado no primeiro tempo, saímos na frente, criamos várias oportunidades de gol e, num vacilo, pode ter sido isso, por estar controlado demais, a equipe deu uma baixada na concentração, acabamos levando três gols. Serviu de lição para respeitar. Quando você acha que as coisas estão ganhas não estão", recorda-se.

Para Danilo, titular do meio campo corintiano, Fábio Santos serve como exemplo para todos os jogadores do elenco. “Esse é o espírito que todos na equipe tem que ter. É bom ver um companheiro nosso que mesmo não estando na melhor das condições se colocou à disposição e está nos ajudando", disse Danilo.

Segundo Fábio Santos, Adriano, que jogou apenas dois jogos neste Brasileiro e ficou fora dos últimos dois, está "no espírito" para superar-se nesta reta final. "Agora é natural que ele vá participando mais dos treinos e jogos. A própria condição física faz com que ele participe mais. A lesão é complicada, faz com que ele acabe mancando um pouco mais, até por falta de confiança, mas a gente sabe que se der espaço e deixar finalizar... Então é importante tê-lo bem nessa reta final. A gente vem notando diferença grande já", comentou.

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Farfán foi companheiro de Guerrero na seleção do Peru

    Jornalista revela interesse do Corinthians em atacante peruano

    ver detalhes
  • Camisa a ser usada pelo Corinthians contra o Cruzeiro tem escudo da Chapecoense

    Em ação no Twitter, Corinthians exibe uniforme em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Equipe feminina do Timão foi ao CT Joaquim Grava no início de novembro

    Corinthians renova parceria com Audax e confirma equipe feminina para 2017

    ver detalhes
  • Castán posta foto com taça do penta e recebe pedidos para voltar; veja

    Castán posta foto com taça do penta e recebe pedidos para voltar; veja

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes