Tite se incomoda em entrevista a respeito da condição de Adriano

Tite se incomoda em entrevista a respeito da condição de Adriano

Por Meu Timão

Pela quarta rodada seguida do Campeonato Brasileiro, Adriano está fora de uma partida pelo Corinthians. Em entrevista na tarde desta sexta-feira, no CT Joaquim Grava, o técnico Tite se mostrou incomodado logo na segunda pergunta a respeito do tema, que tem chamado atenção dos torcedores corintianos há algum tempo.

'Quero responder a terceira pergunta a respeito de Adriano (até então havia sido feita só uma pergunta - se ele iria ou não para a partida de domingo, contra o América-MG, em Uberlândia) e depois não vou responder em relação a ele, porque tenho responsabilidade muito grande, pela valorização de uma série de atletas', disse.

É natural que Adriano desperte curiosidade da torcida e por consequência da imprensa, pois se trata do atleta mais consagrado do elenco - não por menos, o com maior salário também: ganha R$ 380 mil, sendo que só outros três têm vencimentos superiores a R$ 200 mil. Contratado em março, ele rompeu o tendão de Aquiles do pé esquerdo em abril, ficou em recuperação quase seis meses e jogou 43 minutos - 12 na estreia, diante do Atlético-GO, e 31 diante do Botafogo.

Tite não diz abertamente, contudo sabe que dificilmente poderá contar com o centroavante em bom condicionamento físico ainda nesta temporada. Depois da partida de domingo, vão restar mais cinco partidas, duas delas fora de casa. Isso já gera dúvidas acerca da possibilidade de renovação de contrato do jogador, cujo vínculo atual é válido até 30 de junho do próximo ano.

Questionado sobre a demora na recuperação de Adriano, o diretor adjunto de futebol, Duílio Monteiro Alves, reconheceu que a expectativa era tê-lo em campo há muito tempo. 'Mas aqui todos os dias, vocês têm visto que ele têm treinado sempre. Cabe ao treinador ver a condição dele e decidir', avaliou. O presidente Andrés Sanchez também nesta semana que o camisa 10 está no momento com metade da condição física ideal. 'Para um cara com o porte dele, com 100kg, também fica difícil', ponderou o dirigente, que espera vê-lo atuar nas últimas rodadas.

Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Mais:

  • Roberto de Andrade assumiu presidência do Corinthians em fev/2015 e segue até fev/2018

    Conselheiros barram votação do impeachment, e Roberto de Andrade segue presidente do Timão

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade concedeu entrevista nesta segunda no Parque São Jorge

    Após se livrar de impeachment, Roberto de Andrade sugere tentativa de golpe no Corinthians

    ver detalhes
  • Rodriguinho deve ser uma das opções para o Corinthians no BR-17

    Corinthians tem Chape e clássicos logo no começo; veja a tabela completa do BR-17

    ver detalhes
  • Patch que será usado pelos jogadores no Dérbi de quarta-feira

    Rivalidade à parte: Corinthians e Palmeiras se unem e usarão logo no clássico

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes