Globo exclui a 'pelada' do horário nobre e convoca o timão no horário nobre.

Globo exclui a 'pelada' do horário nobre e convoca o timão no horário nobre.

A CBF alterou o horário do jogo entre São Paulo e Atlético-PR do próximo dia 16, válido pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro, em Curitiba, das 21h50 para as 20h30. O objetivo é atender a um pedido da TV Globo, para que se efetue um "ajuste da grade de programação de TV".

No horário em que aconteceria o confronto de Curitiba, foi colocado o jogo entre Corinthians e Ceará, em Fortaleza. Assim, na última rodada do Brasileirão que acontece em uma quarta-feira, o jogo que será transmitido na Globo para a capital paulista após a novela será o do Corinthians, e não o do São Paulo.

Já para as transmissões para Minas Gerais, a emissora pediu outra alteração. A partida entre Avaí e Cruzeiro, na Ressacada, em Florianópolis (SC), passou das 20h30 para as 21h50. No Rio de Janeiro, a partida transmitida será entre Palmeiras e Vasco, no Pacaembu.

O interesse da Globo em transmitir o jogo do Corinthians ao invés da partida do São paulo seria em virtude da posição na tabela das duas equipes. Enquanto o São Paulo ocupa o sétimo lugar no campeonato, com 50 pontos, o time alvinegro soma 58 pontos e é o líder da competição. A partida entre Corinthians e Ceará seria, assim, mais importante para a decisão do título do Brasileirão 2011 do que o jogo do São Paulo.

Globo exclui " a pelada " do horário nobre e convoca o timão no horário nobre.

Fonte: uol

Enviado por: raymon

Veja Mais:

  • Kazim terá nova oportunidade como titular diante do Palmeiras

    Em treino aberto na Arena, Carille define novo Corinthians para clássico

    ver detalhes
  • Carille terá onze suplentes à disposição no clássico

    Jadson fica fora do Dérbi; veja lista de relacionados do Corinthians

    ver detalhes
  • Jadson deve ser opção a partir da próxima quarta-feira, dia 1

    Jadson confirma que se colocou à disposição para enfrentar o Palmeiras e crava jogo da reestreia

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade seguem aliados na política do Corinthians

    Fortalecido após veto do impeachment, Andrés Sanchez cogita voltar à presidência do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes