Corinthians joga mal e perde para o lanterna América-MG

Corinthians joga mal e perde para o lanterna América-MG

Por Meu Timão

Timão não teve vida fácil em Uberlândia

Timão não teve vida fácil em Uberlândia

Foto: Ari Ferreira

A invasão corintiana em Uberlândia acabou em tragédia. Com um futebol muito abaixo do habitual, o Timão perdeu por 2 a 1 para lanterna América-MG e viu a chance de disparar no Brasileirão ir para o espaço. Jogando mal, a equipe de Tite pouco criou dentro de campo. Com o resultado, os paulistas ficam na liderança graças a ajuda do Santos, que bateu o Vasco na Vila Belmiro. A força da Fiel, que lotou o Parque do Sabiá, não fez a diferença dessa vez...

Se por um lado o Corinthians foi para o jogo sem sua zaga titular, já que Paulo André e Leandro Castán, suspensos, deram lucar para Chicão e Wallace, por outro o Timão tinha força total no setor ofensivo. Recuperado de dores musculares, Alex retornou ao time e, ao lado de Danilo, era a esperança de boas oportunidades. Na frente Liedson e Willian tinham a missão marcar os gols. Já o Coelho preteriu usar a experiência do ataque para tentar respirar no Brasileirão. A dupla Kempes e Fábio Júnior, rodada no futebol, conhece bem os atalhos para chegar à rede adversária.

O jogo

Apesar da empolgação da torcida do Corinthians nas arquibancadas, o time não começou bem a partida. Mesmo dominando a posse de bola, não criava lances de perigo. O primeiro só veio aos 13 minutos, quando Alex fez boa jogada e achou Liedson livre na área. O atacante bateu de primeira, mas sem muita força, a bola ficou fácil para Neneca.

A coisa começou a ficar difícil para os alvinegros logo em seguida, quando Alex sentiu a coxa esquerda. No seu lugar entrou Emerson. Enquanto isso, o América-MG ia se ajeitando em campo. Aos 16, Rodriguinho arriscou de longe e obrigou Julio Cesar a fazer boa defesa.

Com a bola nos pés, mas dando só passes laterais, o Timão conseguiu chegar de novo só aos 25. Fábio Santos deu bela arrancada do campo de defesa e, na cara do gol, bateu firme, obrigando Neneca fazer ótima defesa.

O castigo pelo futebol abaixo do esperado veio aos 33 minutos. Em um lance com Alessandro, Kempes caiu na entrada da área e o árbitro Jean Pierre apontou a marca do pênalti. Revoltados, os corintianos reclamaram muito pelo erro do árbitro. Na cobrança, o experiente Fábio Júnior converteu.

Atrás no placar, o Timão resolveu se mexer. A zaga do Coelho ia se segurando. Segurando mesmo. Aos 43 minutos Amaral segurou Emerson dentro da área e o árbitro voltou a marcar um penal. Desta vez, revolta dos americanos com o lance polêmico. Na cobrança, Chicão colocou no fundo da rede.

No segundo a mesma coisa. O Corinthians não criava nada e insistia em errar passes na construção de jogadas. Enquanto isso, o América assustava nos contra-ataques e ficava praticamente com todos os rebotes ofensivos.

Precisando da vitória, o Timão tentava a pressão. Do banco de reservas, Tite pedia para o time ir para o ataque. Na base do chuveirinho, Liedson não levava vantagem na área e a zaga ia se consagrando. Bem por cima, o trio ia tirando todas as bolas.

Vendo sua equipe mal, Tite tentava acordar o time com substituições. Welder e Edenilson nos lugares de Alessandro e Willian. Jogo bonito só se via nas arquibancadas, onde a Fiel ia fazendo sua parte com fumaça e sinalizadores.

A partir dos 30 minutos o Corinthians resolveu acordar. Marcando forte, o time de Parque São Jorge foi para o abafa, mas errava muito, principalmente, no último passe.

Irreconhecível em campo, o Corinthians sofreu o castigo em cima da hora. Aos 42 minutos, Amaral soltou a bomba na cobrança de falta e a bola morreu no canto esquerdo de Julio Cesar. Virada do lanterna para cima do ainda líder Corinthians. Já não dava mais tempo para nada...

Agora na próxima rodada o Corinthians recebe o Atlético-PR, no Pacaembu, no próximo domingo. Já o América vai até o Rio de Janeiro para enfrentar o Fluminense, no Engenhão, no próximo sábado.

FICHA TÉCNICA:
AMÉRICA-MG 2X1 CORINTHIANS

Estádio: Parque do Sabiá, Uberlândia (MG)
Data/hora: 6/11/2011 - 17h (de Brasília)
Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)
Auxiliares: Altemir Hausmann (Fifa-RS) e Julio Cesar Rodrigues Santos (RS)

Cartões amarelos: Micão, Fábio Júnior e Amaral (América-MG) / Alessandro e Chicão (Corinthians)
Gols: Fábio Júnior, 33'/1ºT (1-0), Chicão, 44'/1ºT (1-1), Carleto, 43'/2ºT (2-1)

AMÉRICA-MG: Neneca, Anderson, Micão e Everton; Marcos Rocha, Leandro Ferreira, Amaral, Rodriguinho e Thiago Carleto; Kempes (28'/2ºT, Léo) e Fábio Júnior (Dudu, 46'/2ºT). Técnico: Givanildo Oliveira.

CORINTHIANS: Julio Cesar; Alessandro (12'/2ºT Alessandro), Chicão, Wallace e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Danilo, Alex (Emerson, 15'/1ºT), Willian (25'/2ºT, Edenilson) e Liedson. Técnico: Tite.

Fonte: Lancenet

Veja Mais:

  • Jadson pode ser relacionado para o clássico contra o Palmeiras

    Jadson pede para enfrentar o Palmeiras; desempenho contra o Água Santa será decisivo

    ver detalhes
  • Camacho e o pai Anizio Camacho

    Acidente em casa tira vida de pai de Camacho; mãe e irmão do jogador são hospitalizados

    ver detalhes
  • Atlético-PR e Coritiba preferiram não realizar a partida e enfrentaram o modelo tradicional do futebol

    Unidos, rivais peitam a Globo e acabam barrados pela Federação Paranaense

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade pode ser afastado nesta segunda-feira

    Linha do tempo e opiniões de conselheiros: tudo sobre o tema impeachment no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes