Ricardo Teixeira vai resgatar a popularidade com os cariocas?

Ricardo Teixeira vai resgatar a popularidade com os cariocas?

O episódio envolvendo a escolha da sede da Copa do Mundo/2014, que culminou com a escolha da Arena São Paulo para a Abertura da Copa do Mundo/2014, em São Paulo, e colocando em risco a possibilidade do Maracanã não conseguir ver a Seleção Brasileira, caso ela não chegue às semi-finais, renderam a Ricardo Teixeira uma impopularidade inédita, nas suas décadas como dirigente maior da CBF, entre a população futebolística que não é corintiana, e particularmente, entre a população e imprensa cariocas. Como resgatar essa popularidade? Vejamos, que tal um FLA-FLU decisivo na penúltima rodada do Brasileirão/11? Seria esse o motivo para os líderes, Vasco e Corinthians estarem sendo sistematicamente prejudicados por arbitragens?

O Corinthians, cujos jogadores ganham salários europeus, mas que jogaram futebol digno de Segunda Divisão, deve satisfações à sua torcida. O time, independente do futebol apresentado, foi mais uma vez prejudicado pela arbitragem, que marcou pênalti numa falta acontecida quatro metros fora da área. Aliás, os erros de arbitragem têm chamado tanto a atenção, que alguns elementos acabaram por agredir um dos auxiliares do árbitro Jean Pierre Gonçalves Lima, Altemir Hausmann, no desembarque no Aeroporto de Congonhas.Aliás, as arbitragens de prejudicaram o Corinthians contra o Avaí, Internacional, e Cruzeiro, e segundo o LANCENET! , revoltou o Timão, mas que o clube rechaçou a possibilidade de fazer pressão na CBF. Após a agressão, o Corinthians, em nota oficial repudiou a violência.

Por estranhas razões, o Corinthians se negou a protestar contra as arbitragens, e depois veio a afirmar que “ O futebol tem as instituições necessárias para que as posições do clube possam ser comunicadas evitando qualquer ato de violência”. Ora, por que não comunicou a posição do clube? Falta o quê? Autoridade moral? Comprometimento com CBF? O torcedor, que paga o ingresso, e sustenta essa engrenagem, tem todo o direito de ver o seu clube bem representado. Se o senhor Ricardo Teixeira precisa fazer média com os cariocas, o Corinthians não tem nada a ver com isso. O que o torcedor não agüenta é ver o time ser seguidamente lesado, dentro e fora de casa; não aguenta ver julgamentos estranhos no STJD, que condena um jogador, e absolve outro, tendo ambos cometido a mesma penalidade.

A reação dos agressores no aeroporto paulista, por mais condenável que seja, em todos os aspectos, teria sido evitada se as arbitragens não errassem de modo tão sistemático contra um mesmo time; ou ainda, se o Corinthians tivesse prometido ontem mesmo enviar protesto oficial à CBF. Quando o torcedor é aviltado, abre-se caminho para toda a sorte de aberrações nos protestos. Que a cota de erros contra o Timão tenha se esgotado neste Brasileirão, é o que espera o público pagante do Corinthians.

Foto: Sérgio Castro/AE

Ricardo Teixeira vai resgatar a popularidade com os cariocas?

Fonte: Roda de Corinthianos

Enviado por: Dirceu Felipe de Barros

Veja Mais:

  • Atlético-PR e Coritiba preferiram não realizar a partida e enfrentaram o modelo tradicional do futebol

    Unidos, rivais peitam a Globo e acabam barrados pela Federação Paranaense

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade pode ser afastado nesta segunda-feira

    Linha do tempo, bastidores e opiniões de conselheiros: tudo sobre o impeachment no Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians terminou a quarta rodada como líder do Grupo A

    Líder do Grupo A, Corinthians termina rodada um ponto atrás do líder geral

    ver detalhes
  • Fábio Carille comandou Corinthians em mais uma vitória, desta vez contra o Audax

    Passadas quatro rodadas, só um time tem aproveitamento melhor que Corinthians no Paulistão-2017

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes