Por Kléber, Andrés liga para Odone e avisa: na briga!

Por Kléber, Andrés liga para Odone e avisa: na briga!

Por Meu Timão

Kleber

Kleber

Foto: Tom Dib

O interesse do Corinthians em Kléber foi, oficialmente, comunicado à direção do Grêmio. O presidente Andrés Sanchez entrou em contato com Paulo Odone, mandatário gaúcho, para avisar do desejo alvinegro de contratar o atacante. A revelação foi feita pelo diretor de futebol do Tricolor, Paulo Pelaipe.

- O Corinhtians não está atravessando o negócio. Ele acompanha o negócio, e ontem (quinta) o Andrés, em uma atitude muito digna, ligou e falou com o presidente Odone e comigo. O que existe é que se o Kleber não acertar com o Grêmio poderá acertar com o Corinthians. O Flamengo levou o Ronaldinho e nem por isso rompemos (relações) com o Flamengo - afirmou o dirigente, em entrevista à rádio Estadão/ESPN.


PROPOSTA GREMISTA É MUITO SUPERIOR

De acordo com Pelaipe, o Grêmio fez tudo que poderia ter feito para contrá-lo e que, agora, é aguardar a decisão do jogador e de seu empresário, Giuseppe Dioguardi.

- Nós fizemos a proposta para o atleta, conforme o noticiado. O atleta fez uma conraproposta, e o Grêmio aceitou essa contraproposta feita pelo seu empresário... Ele pediu um prazo de 48, 72 horas para se manifestar, para falar com sua família, algo perfeitamente normal, e estamos aguardando ate amanhã (sábado). Em caso de não haver uma posição definida, vamos partir para outras contratações, temos outras opções para refeorçar o time em 2012 - lembrou.

- O Grêmio tem 108 anos de existência, temos o melhor relacionamento possível com o presidente Andrés Sanchez, com o vice Roberto Andrade e ouvi muito bem a entrevista do Duílio (Monteiro Alves, diretor alvinegro que falou sobre o desejo) - completou.

Por fim, o cartola gremista garante que sua equipe não enfrentará o Fluminense sem vontade nem com a presença de inúmeros reservas, como represália pela intervenção corintiana na negociação gaúcha com Kléber.

- Jamais o Grêmio se prestaria a usar uma equipe mista ou reserva contra o Fluminense na próxima quarta-feira no Engenhão. Temos que respeitar a história de um time campeão da América, do Brasil e mais de 30 títulos gaúchos. Temos um ótimo relacionamento com o Corinthians, e essa disputa é uma coisa normal. Jamais iremos fazer isso...- afirmou.

Fonte: Lancenet

Veja Mais:

  • Camacho vai ficar com a família no Rio de Janeiro

    Após perder o pai, Camacho é liberado e está fora do clássico contra o Palmeiras

    ver detalhes
  • Jadson pode ser relacionado para o clássico contra o Palmeiras

    Jadson pede para enfrentar o Palmeiras; desempenho contra o Água Santa será decisivo

    ver detalhes
  • Camacho e o pai Anizio Camacho

    Acidente em casa tira vida de pai de Camacho; mãe e irmão do jogador são hospitalizados

    ver detalhes
  • Atlético-PR e Coritiba preferiram não realizar a partida e enfrentaram o modelo tradicional do futebol

    Unidos, rivais peitam a Globo e acabam barrados pela Federação Paranaense

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes