Corinthians no aguardo do 'não' de Kleber ao Grêmio

Corinthians no aguardo do 'não' de Kleber ao Grêmio

Por Meu Timão

Timão mantém otimismo para contar com Kleber em 2012

Timão mantém otimismo para contar com Kleber em 2012

Foto: Eduardo Viana

O pessimismo generalizado da diretoria do Corinthians em relação à contratação de Kleber ficou no passado. Com tanta demora para Kleber responder aos gremistas, os dirigentes do Timão acreditam ser possível, sim, que o Gladiador diga ?não? à proposta milionária e quase surreal do Grêmio para aceitar um contrato mais modesto com o clube do coração.

A mudança de ?humor? dos dirigentes do Corinthians não se deve à oferta que fez ao jogador (R$ 250 mil mensais e R$ 300 mil/ano de luvas). E sim, com a demora do jogador para responder aos dirigentes gaúchos. Mesmo com todos seus pedidos atendidos, inclusive de salários à nível europeu (R$ 500 mil/mês) e luvas de R$ 1 mi/ano, o atacante se calou e, desde a última quinta-feira, mantém a cúpula tricolor em compasso de espera e angústia.

? Ele é muito corintiano e isso deve estar pesando demais para ainda não ter aceitado a proposta dos caras. Vamos esperar, pelo visto, pode dar certo, sim ? afirmou um dos dirigentes, ao LANCENET!.

Em bate-papo informal com jornalistas no CT Joaquim Grava, na manhã de sábado, o presidente Andrés Sanchez tentava conter a euforia. O mandatário apenas confirmou a oferta do Corinthians.

? Minha proposta está lá. Agora é só aguardar, não tem muito o que fazer ? afirmou Andrés Sanchez.

Sua paixão pelo Timão não é o único fator que pesa a favor. A chance de atuar numa equipe com maior visibilidade e que, provalvemente, disputará a Copa Libertadores de 2012, também é vista como ponto positivo.

Nos primeiros cinco meses do próximo ano, Kleber teria apenas o Gauchão e a Copa do Brasil para disputar. Isso sem falar que, em São Paulo, ele se manteria na mídia com mais intensidade.

A direção do Grêmio, sob alegação de que o confronto com o Palmeiras na tarde deste domingo, no estádio Olímpico, teria que ser o principal foco, evitou comentar a situação, nem o ?sim? nem o ?não?.

A tendência é de que, com tanta demora para ?consultar sua família?, Kleber agradeça aos dirigentes gaúchos e diga ?não?. Aí, será a vez de brigar com o Palmeiras...

Fonte: Lancenet

Veja Mais:

  • Balbuena subiu mais alto do que todo mundo para marcar o gol do Corinthians

    Balbuena faz golaço de cabeça, e líder Corinthians vence Fluminense pelo Brasileirão

    ver detalhes
  • Waldir defendeu o Corinthians entre 1986 e 1988

    Aos 66 anos, morre Waldir Peres, ex-goleiro do Corinthians; clube lamenta em rede social

    ver detalhes
  • Técnico da Seleção Brasileira observa possíveis selecionáveis

    Com Cássio na mira, Tite marca presença no Maracanã para jogo entre Corinthians e Fluminense

    ver detalhes
  • Neste sábado, Fazendinha completa 89 anos de muita história

    Fazendinha completa 89 anos; veja fotos incríveis da antiga casa do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes