Sheik sobre futuro gancho: 'Espero não cumprir agora. Quero jogar!'

Sheik sobre futuro gancho: 'Espero não cumprir agora. Quero jogar!'

Por Meu Timão

Emerson Sheik será novamente julgado na próxima semana

Emerson Sheik será novamente julgado na próxima semana

Foto: Miguel Schincariol

Na última sexta-feira, Emerson Sheik foi punido pelo STJD com um jogo de suspensão por conta do pisão dado em Daniel, do Avaí, mas o efeito suspensivo obtido pelo departamento jurídico do Corinthians permitiu que ele enfrentasse o Atlético-PR, em jogo que ele marcou o segundo gol da vitória por 2 a 1, no Pacaembu.

Segundo os advogados alvinegros, a tendência é que o novo julgamento seja apenas na semana que vem. Assim, o atacante está livre para enfrentar Ceará e Atlético-MG. Questionado nesta segunda-feira se ele acha que irá cumprir a punição neste ano, Sheik disse torcer por um adiamento grande:

- Fui ao julgamento e expliquei exatamente o que aconteceu. O pessoal entendeu e as imagens mostraram o que eu falei, que o salto bem calculado que fui dar acabou com o braço do Daniel tocando na minha mão e atingindo o pescoço dele, sem maldade. Mas está aí um assunto que não sei o que dizer. O jurídico pode falar melhor, mas espero que se, assim for, eu cumpra. Mas não agora, porque eu quero jogar (risos).

O camisa 11 voltou a se defender sobre o lance e explicou como foi o momento em que foi avisado pelo departamento jurídico sobre a sua presença no jogo diante do Furacão.

- Fiquei assustado, porque não fiz nada. Todos sabem que jogo forte, mas jamais pisaria no pescoço do cara. E ele é meu amigo. Falaram em quatro jogos e eu falei: 'Nossa, vou jogar só o último?' Fiquei nervoso, mas entenderam e desclassificaram (o artigo). Eu estava ao lado do meu filho ao receber a notícia, voltando do aeroporto. Fiquei extremamente feliz em poder jogar e saber que, por trás da gente, tem pessoas capacitadas para dar todo o suporte que precisamos - explicou.

Fonte: Lancenet

Veja Mais:

  • Corinthians volta a jogar nesta segunda pela Liga Nacional

    Corinthians encara 'reforçado' Sorocaba na primeira final da Liga Nacional

    ver detalhes
  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes