Corinthians volta a dobrar vitórias depois de quase quatro meses

Corinthians volta a dobrar vitórias depois de quase quatro meses

Por Meu Timão

O resultado positivo diante do Ceará, na noite desta quarta-feira, findou um extenso tabu do Corinthians no Campeonato Brasileiro. Mesmo líder, a equipe não conseguia dobrar uma vitória há quase quatro meses, de 20 de julho para cá.

A última série de triunfos dos comandados de Tite havia sido da quarta à 10ª rodada, quando conquistou três pontos de Fluminense, São Paulo, Bahia, Vasco, Atlético-GO, Internacional e Botafogo. Do primeiro revés (para o Cruzeiro, no compromisso seguinte) até a derrota para o América-MG, o time não dobrava mais vitórias. Quando saía vencedor, necessariamente empatava ou era derrotado logo na rodada seguinte.

Depois de muito tempo, o perde-ganha parou em um momento muito importante na competição nacional, pois o vice-líder Vasco empatou com o Palmeiras e ficou dois pontos atrás da ponta.

'Foi um passo largo em direção ao título. Faltam sete pontos, talvez seis (para ser campeão, restando nove em disputa). Mas nós podemos até antecipar', analisou o zagueiro Paulo André.

O próximo compromisso do Corinthians será no domingo, diante do Atlético-MG. A delegação retorna de Fortaleza na tarde desta quinta-feira e se reapresenta aos trabalhos um dia depois.

Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Mais:

  • Pedrinho surge como opção para Jadson, que foi preservado do treino nesta quarta-feira

    Pedrinho é testado por Carille no primeiro treino com titulares antes de decisão

    ver detalhes
  • Guilherme foi empréstimo ao Atlético-PR

    Atlético-PR anuncia contratação do corinthiano Guilherme até 2018

    ver detalhes
  • Carille pode sofrer desfalques por suspensão na final do estadual

    Com quase um time inteiro pendurado, Carille descarta poupar jogadores na primeira decisão

    ver detalhes
  • Sócios do Fiel Torcedores podem garantir ingressos para jogos do Brasileirão deste ano, na Arena

    Com ingressos a R$ 21, Corinthians lança pacote para o Brasileirão; veja valores

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes