Andrés promete ficar mais próximo do time na reta final, mas sem interferência

Andrés promete ficar mais próximo do time na reta final, mas sem interferência

Por Meu Timão

Restando apenas três rodadas para o final do Campeonato Brasileiro, o Corinthians é o líder com 64 pontos, dois à frente do Vasco, e ainda tem dois jogos para fazer em casa (Atlético-MG, no próximo domingo, e Palmeiras) além da visita à surpresa Figueirense em Santa Catarina.

O presidente Andrés Sanchez disse que pretende ficar mais próximo da equipe, mas sem interferir no trabalho da comissão técnica. 'Eu acho que tenho que estar mais presente, mas vou continuar sem me meter no futebol, como nunca me meti', afirmou em entrevista no CT Joaquim Grava, nesta sexta.

Para Andrés, apesar da vantagem na liderança, o campeonato não está definido. 'Há dez rodadas, davam o time como medíocre. E ainda não ganhamos nada, estamos na mesma situação. O torcedor tem que torcer, mas sem euforia', pediu o presidente.

O dirigente também falou sobre o clássico na última rodada, que pode definir o título nacional. Ele não acredita que o arquirrival prejudicaria a disputa. 'O Palmeiras ganhar ou perder do Vasco é normal. Quando um time entrar para não ganhar, acabou o futebol', falou Andrés.

Fonte: ESPN

Veja Mais:

  • Atlético-PR e Coritiba preferiram não realizar a partida e enfrentaram o modelo tradicional do futebol

    Unidos, rivais peitam a Globo e acabam barrados pela Federação Paranaense

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade pode ser afastado nesta segunda-feira

    Linha do tempo, bastidores e opiniões de conselheiros: tudo sobre o impeachment no Corinthians

    ver detalhes
  • Fábio Carille comandou Corinthians em mais uma vitória, desta vez contra o Audax

    Passadas quatro rodadas, só um time tem aproveitamento melhor que Corinthians no Paulistão-2017

    ver detalhes
  • Arena Corinthians com pouco público neste início de ano

    Sete motivos que explicam a queda do número de adimplentes do Fiel Torcedor

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes