Adriano faz gol após 1 ano e meio, decide jogo e coloca Corinthians perto do título

Adriano faz gol após 1 ano e meio, decide jogo e coloca Corinthians perto do título

Por Meu Timão

Sofrimento, emoção, recuperação, vibração. Estrela. São várias as definições possíveis para o que Adriano fez neste domingo no Pacaembu. O Imperador agora é da Fiel. O atacante voltou a fazer um gol após um ano e meio de jejum, deu a vitória ao Corinthians sobre o Atlético-MG, por 2 a 1, e colocou a equipe mais perto do título brasileiro.

Aproveitando passe de Emerson, Adriano balançou as redes aos 43 minutos do segundo tempo, levando a fiel torcida ao delírio nas arquibancadas. Gol que decidiu o jogo e pode decidir o campeonato

'Foi um gol muito importante para mim. Depois de muito tempo, um ano e seis meses, fazer um gol desse não tem explicação. Venho trabalhando bastante, com humildade. Esse gol é fruto de um trabalho que eu venho fazendo. Estou feliz. Ainda falta muito, mas o professor Tite vem depositando confiança em mim, e graças a Deus fiz o gol no final', disse o Imperador, que fez o seu primeiro gol pelo clube alvinegro, tirou a camisa e vibrou bastante.

O último gol de Adriano havia acontecido no dia 20 de maio de 2010, quando ainda atuava pelo Flamengo, diante da Universidad de Chile. No Corinthians desde o início de 2011, o atacante sofreu uma lesão no tedão de Aquiles, passou por cirurgia, e só voltou aos gramados no último mês.

Apesar de críticas pelo seu comportamento fora de campo, e mesmo ainda não estando no melhor de sua forma física, Adriano mais uma vez mostrou qualidade no momento de decisão.

'Deus vem sempre botando obstáculos na minha vida e eu venho tentando ultrapassar. Devo isso aos diretores do Corinthians, ao grupo, que vem tendo paciência comigo. Não possso ajudar 100% ainda, mas estou fazendo a minha parte. Espero que eu possa continuar assim, trabalhando e ajudando', afirmou o atacante.

Adriano está ciente de que ainda não tem condições de ser titular e atuar os 90 minutos, mas sabe que pode ser importante novamente nas duas rodadas finais do Brasileirão. Neste domingo diante do Atlético-MG, o Imperador deixou o banco de reservas e entrou em campo aos 22 minutos do segundo tempo.

'O Tite sabe da minha condição física e vem me respeitando. Hoje ele me colocou um pouquinho mais, pois trabalhei bem durante a semana, e eu consegui dar a resposta'.

Fonte: ESPN

Veja Mais:

  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes
  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes
  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes