'Destruído' após virada, Liedson ressalta esforço pelo Corinthians

'Destruído' após virada, Liedson ressalta esforço pelo Corinthians

Por Meu Timão

Liedson encerrou exausto a partida contra o Atlético-MG. Sem descanso há muito tempo por ter retornado para o futebol brasileiro em meio à temporada europeia, o atacante vem se sacrificando para poder ajudar o Corinthians. Neste domingo, foi seu o primeiro gol da vitória de virada por 2 a 1, no Pacaembu.

'Estou destruído, cheio de dores, mal me aguentando ficar em pé. Estou completando um ano e meio sem férias, apesar de os meus treinamentos estarem sendo mais leves. Mas falta pouco (para o final do Campeonato Brasileiro), todo sacrifício que fizer vai valer a pena', disse.

O tento diante da equipe mineira foi seu 22º com a camisa 9 alvinegra neste ano. Ele balançou a rede 11 vezes mais do que o segundo goleador, o volante Paulinho. Ser artilheiro, entretanto, não é seu principal objetivo. Tanto que comemorou como se fosse seu o gol anotado por Adriano.

'Ele merece. A gente vê a luta, o sofrimento que ele tem tido para voltar a jogar. Sabemos que ainda não está 100% fisicamente, mas o pouco já é suficiente para nos ajudar nessa reta final. Parabéns. Estou muito feliz, como se eu tivesse feito o segundo gol do time', avaliou o jogador.

A ansiedade de Liedson tem ficado visível em suas últimas entrevistas. Não apenas para ter um período de descanso, mas principalmente por estar próximo de seu primeiro título brasileiro. Líder com 67 pontos ganhos, o Corinthians pode ser campeão no domingo que vem, quando enfrenta o Figueirense, em Florianópolis, dependendo também de tropeço do segundo colocado Vasco.

Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Mais:

  • Jadson deve ser opção a partir da próxima quarta-feira, dia 1

    Jadson confirma que se colocou à disposição para enfrentar o Palmeiras e crava jogo da reestreia

    ver detalhes
  • Fellipe Bastos, à direita, deve retornar ao time; Léo Jabá é dúvida

    Corinthians terá ao menos uma mudança na escalação para encarar Palmeiras

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade seguem aliados na política do Corinthians

    Fortalecido após veto do impeachment, Andrés Sanchez cogita voltar à presidência do Corinthians

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade assumiu presidência do Corinthians em fev/2015 e segue até fev/2018

    Conselheiros barram votação do impeachment, e Roberto de Andrade segue presidente do Timão

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes