Ao contrário do Palmeiras, Corinthians ignora premiação em clássico

Ao contrário do Palmeiras, Corinthians ignora premiação em clássico

Por Meu Timão

Paulinho garante que não corre por dinheiro, e sim pela chance de ser campeão brasileiro em 2011

Paulinho garante que não corre por dinheiro, e sim pela chance de ser campeão brasileiro em 2011

Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press

Por maior que seja a premiação (do tamanho de um 'dinossauro', segundo o vice-presidente de futebol Roberto Frizzo) para os jogadores do Palmeiras vencerem o Corinthians na última rodada do Campeonato Brasileiro, o presidente Andrés Sanchez certamente destinará um valor mais significativo para o seu elenco em caso de título. O assunto, no entanto, não tem motivado os corintianos.

Frizzo: 'Será um dinossauro'

'Independentemente do dinheiro, estamos em busca do troféu. Deixamos isso para o Andrés, que sabe administrar tudo muito bem', incumbiu o volante Paulinho, que se disse despreocupado com o 'bicho' oferecido pelo Palmeiras. 'Por si só, o título já vale muito mais do que qualquer premiação. Sem dúvida nenhuma, terá um gosto melhor para o torcedor se acontecer em cima do rival', concordou o zagueiro Paulo André.

'É melhor chegar para o clássico com uma situação definida. Precisamos fazer um grande papel contra o Figueirense e pensar no Palmeiras só depois', disse Paulinho. 'Vamos tentar decidir antes. Nunca é bom deixar para amanhã o que você pode fazer hoje. O negócio é secar o Vasco. Tomara que um empatezinho deles nos ajude', acrescentou Paulo André.

De qualquer forma, o zagueiro não acha que os palmeirenses deveriam se sentir ofendidos em caso de 'participação' em uma festa corintiana no Pacaembu. 'Acima de tudo, o futebol é uma ferramenta de educação para a sociedade. Nada mais justo em termos de fair play, uma palavra que está na moda, do que uma equipe colocar a faixa de campeã na outra. Acho natural. Se formos campeões, o Palmeiras deve reconhecer isso. A torcida pode ficar brava, mas o bom relacionamento é normal entre nós', defendeu Paulo André.

Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Mais:

  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Filha dá resposta sensacional ao pai palmeirense: 'Vai, Corinthians'

    Pai força garotinha a cantar música do Palmeiras, e ela surpreende com um 'Vai, Corinthians!'

    ver detalhes
  • Gaviões da Fiel se unirá as outras torcidas organizadas paulitas neste domingo

    Organizadas rivais de São Paulo se unem em evento no Pacaembu em homenagem à Chape

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes