Jornal: Corinthians recusa R$ 220 milhões por naming rights do Estádio do Corinthians

Jornal: Corinthians recusa R$ 220 milhões por naming rights do Estádio do Corinthians

Por Meu Timão

Andrés Sanchez disse que espera R$ 350 milhões pelos naming rights do estádio

Andrés Sanchez disse que espera R$ 350 milhões pelos naming rights do estádio

Foto: Edson Lopes Jr/Terra

O Corinthians recusou recentemente uma proposta de R$ 220 milhões de uma empresa pelos naming rights de seu estádio, que está sendo construído em Itaquera, zona leste de São Paulo. A informação é da colunista Monica Bergamo, da Folha de S. Paulo. De acordo com a publicação, o presidente do clube alvinegro, Andrés Sanchez, não está disposto a aceitar um valor inferior a R$ 350 milhões para permitir que uma companhia dê nome ao novo estádio corintiano.

Ainda segundo a coluna, a maior 'suspeita' é que a proposta recusada foi feita pela Emirates, empresa estrangeira de aviação que já batiza o estádio do Manchester City, da Inglaterra. Andrés também aproveitou para comentar a renovação de contrato de Neymar com o Santos e afirmou que, quando o atacante sair do Brasil em 2014 e o time praiano não receber nada, 'vão criticar'. Porém, reiterou que a equipe santista ganhou torcida com a permanência do jogador.

Fonte: Terra

Veja Mais:

  • Setor Norte da Arena Corinthians segue interditado para o início do Brasileirão

    Setor Norte da Arena segue interditado para Brasileiro; Corinthians pode ter dois clássicos 'vazios'

    ver detalhes
  • Pedrinho surge como opção para Jadson, que foi preservado do treino nesta quarta-feira

    Pedrinho é testado por Carille no primeiro treino com titulares antes de decisão

    ver detalhes
  • Guilherme foi empréstimo ao Atlético-PR

    Atlético-PR anuncia contratação do corinthiano Guilherme até 2018

    ver detalhes
  • Carille pode sofrer desfalques por suspensão na final do estadual

    Com quase um time inteiro pendurado, Carille descarta poupar jogadores na primeira decisão

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes