São Paulo faz questão de usar Morumbi e sugere Corinthians e Palmeiras no interior

São Paulo faz questão de usar Morumbi e sugere Corinthians e Palmeiras no interior

Por Meu Timão

Morumbi é o maior panetone do mundo: cabe 60 mil frutinhas

Morumbi é o maior panetone do mundo: cabe 60 mil frutinhas

Se na última rodada do Campeonato Brasileiro, em 4 de dezembro, o São Paulo ainda tiver chances de conquistar a vaga na Libertadores e o Corinthians brigando pelo título, a Polícia Militar reforçará o pedido para que Tricolor x Santos e Timão x Palmeiras não ocorram na capital. Mas o clube do Morumbi não abre mão de jogar em seu estádio.

Mandante no clássico diante do Peixe, a diretoria do São Paulo solicita que o Corinthians seja obrigado a mudar o local do Derby. A informação dos dirigentes do Tricolor é de que houve acordo entre Timão e Palmeiras para que seus duelos na liga nacional fossem realizados em Presidente Prudente, como no primeiro turno, e não no Pacaembu, como os corintianos já vendem ingressos.

'Não trabalhamos com nenhuma hipótese que não seja o Morumbi. Quem tem que mudar o jogo é o Corinthians, porque havia um acordo de dois clássicos em Presidente Prudente', avisou Adalberto Baptista, diretor de futebol do São Paulo.

Confiante de que continuará na disputa para terminar o torneio entre os cinco primeiros colocados, o clube tricolor garante que jogará no Morumbi contra o Santos às 17 horas (de Brasília) de 4 de dezembro ao mesmo tempo em que o Corinthians enfrentará o Palmeiras em qualquer lugar que discutir com a Polícia Militar.

'O Pacaembu não é do Corinthians. Mas o Morumbi é do São Paulo e está apto a receber o clássico', reforçou Adalberto Baptista. 'Não mandamos no horário e data, só no estádio. E não vamos abrir mão do Morumbi', continuou.

O São Paulo também se posiciona contrário à possibilidade de o San-São ser repassado para sábado, o que deixaria seus concorrentes atuando no domingo sabendo que resultado precisarão para se classificar. 'Os times que brigam pela Libertadores precisam jogar no mesmo dia. A não ser que venha um mando ditatorial', falou Adalberto.

A definição sobre o caso deve ocorrer somente na segunda-feira. A discussão será evitada apenas se o Corinthians for campeão no domingo - vencendo o Figueirense e o Vasco não ganhando do Fluminense - ou o São Paulo chegar à última rodada sem possibilidade de entrar no G-5 - caso perca do Palmeiras, o Figueirense derrote o Timão e Inter ou Flamengo somem três pontos neste fim de semana.

Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Mais:

  • Wladimir será o mais novo colunista do Meu Timão

    Herói de 77 será colunista do Meu Timão

    ver detalhes
  • Dudu revelou que jogadores do Palmeiras tinham conhecimento de confusão feita pelo árbitro no clássico

    Atacante palmeirense diz por que não avisou árbitro de erro em expulsão de Gabriel

    ver detalhes
  • Jadson treinou nesta quinta-feira e não será problema para final no Moisés Lucarelli

    Jadson volta, e Carille ensaia escalação do Corinthians para primeira decisão do Paulista

    ver detalhes
  • Fiel esgotou bilhetes colocados à venda no Fiel Torcedor

    Em menos de uma hora, torcida do Corinthians esgota ingressos para decisão do Paulista

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes