Sem jogar Corinthians, Bruno Octávio busca 'consagração'

Sem jogar Corinthians, Bruno Octávio busca 'consagração'

Por Meu Timão

Bruno Octávio ficou no banco em alguns jogos, como contra o Atlético-GO, mas não entrou neste ano

Bruno Octávio ficou no banco em alguns jogos, como contra o Atlético-GO, mas não entrou neste ano

Foto: Ari Ferreira

O ano era 2007. O Corinthians, que seria rebaixado no Brasileirão, enfrentava o Palmeiras e perdia por 1 a 0. Quando Bruno Octávio pegou um rebote, ajeitou no peito e bateu para fora.

?Que beleza! Ele nunca fez um gol na vida de fora da área. Aí, em um Palmeiras x Corinthians, aos 39 minutos do 2 do tempo, pensou: ?Agora eu se consagro! (sic). Pegou de tornozelo e a bola saiu perto da bandeirinha de escanteio. É mais um momento patético de Bruno Octávio', disse o bem-humorado Milton Leite, narrador do SporTV.

Aos 26 anos, o volante continua no Timão. E, mesmo sem ter jogado por sequer um minuto no ano, está perto de se tornar bicampeão brasileiro pelo clube: uma consagração.

? Fiquei no banco em não sei quantos jogos, mas não joguei. Por um lado fico triste, mas pelo meu histórico de lesões, acho que esse foi um ano de recuperação para mim. Só de fazer parte desse elenco, já foi muito bom ? explicou o jogador, que não viajou com o grupo, ao LANCENET!.

Revelado pelo Alvinegro, o camisa 26 foi bastante utilizado na conquista do tetracampeonato de 2005, formando a dupla de volantes com Marcelo Mattos. A partir de 2008, sofreu quatro lesões ligamentares nos joelhos, que o dificultaram a ter seqquência pelo Timão, Figueirense e Bahia (clubes que foi emprestado).

Na torcida pelo título de sua casa, com a família, ele espera que, caso o objetivo seja alcançado, possa entrar por alguns minutos contra o arquirrival Palmeiras, na última rodada.

? Seria um prêmio legal. Não conversamos sobre isso, pois sabemos a predreira que será contra o Figueirense. Aposto em 2 a 1 sofrido. Mas, sendo campeão, quem sabe não aparece essa chance ? disse o atleta, que tem contrato até maio com o clube.

Bate-Bola com Bruno Octávio
Em entrevista ao LANCENET!

LANCENET!: Quais as lembranças de 2005?
Era muito novo, praticamente o meu primeiro ano no profissional e já disputando o título. Foi muito marcante. Teve muita polêmica, bem no estilo corintiano (risos). Nós gritamos ?É campeão!? e o Inter também. Conquistar um título pelo Corinthians é muito bom.

LANCENET!: Quais os jogos inesquecíveis?
Foi o ano que mais joguei. Lembro da vitória contra o Santos no jogo remarcado, quando saí com a cabeça enfaixada. E os últimos...

LANCENET!: Tem diferença entre os times?
Aquele time tinha grandes nomes, como Tevez e Nilmar, mas todo mundo novo. Esse tem jogadores de nome e já rodados. Além disso, tem mais amizades. Em 2005 tinha algumas brigas, alguns atletas que não se gostavam, mas não chegou a ser um problema.

LANCENET!: Pretende sair em 2012?
Por enquanto está todo mundo focado no Brasileirão, esperando finalizar esse ano. Mas preciso jogar, não vai dar para ficar esperando. É bem provável que eu saia para outro clube já no Paulistão.

Narrador diz que não exagerou em comentário

Questionado sobre a narração de Milton Leite, Bruno Octávio disse que viu o vídeo, mas que não gostou das palavras:

? Muita gente falou disso. Foi um comentário infeliz, mas não levei para o particular. É um bordão. Achei desnecessário, mas se eu acerto viraria herói também ? afirmou.

Procurado, o narrador minimizou o fato:

? Não peguei pesado. Minha intenção não era essa. Nem o conheço pessoalmente, mas acho que foi normal. Já gritei um ?Que beleza!? até para o Ronaldo ? argumentou.

Fonte: Lancenet

Veja Mais:

  • Universidade Brasil firmou acordo com Corinthians para primeiro jogo da final estadual

    Corinthians anuncia patrocínio pontual para final do Paulistão; veja como fica a camiseta

    ver detalhes
  • Alan Mineiro não volta ao Corinthians em 2017

    Corinthians empresta Alan Mineiro para quarto clube diferente em menos de um ano

    ver detalhes
  • Corinthians encerrou preparação contra a Ponte Preta

    Clima bom, susto de Pablo e escalação do Corinthians: o último treino antes da Ponte Preta

    ver detalhes
  • Casuals foi derrotado nos pênaltis neste sábado; próxima temporada só em agosto

    Nos pênaltis, Corinthian-Casuals perde final e adia sonho de subir de divisão

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes